PARA HOSPEDAGEM CLIQUE NA IMAGEM

PARA HOSPEDAGEM CLIQUE NA IMAGEM
PARA HOSPEDAGEM CLIQUE NA IMAGEM

sexta-feira, 9 de outubro de 2009

Céu em movimento


Não é apenas o céu que está em movimento neste fantástico show de imagens filmado por Ben Wiggins. Com horas e horas de câmera ligada, a região da baía de São Francisco teve suas paisagens captadas e o resultado, em velocidade acelerada, você pode conferir abaixo. Um show!

GUIA DOS AEROPORTOS DO BRASIL - 2009


A Infraero - Empresa Brasileira de Infra-estrutura Aeroportuária, acaba de lançar o Guia dos Aeroportos do Brasil - 4ª Edição 2009. O guia traz informações importantes sobre os principais aeroportos do país, desde o Aeroporto Internacional de Cruzeiro do Sul (localizado no Acre) até o Aeroporto de Joinville/SC - Lauro Carneiro de Loyola.
O "livrete" está sub-dividido nas 5 regiões brasileiras e no final traz as informações importantes das Superintendências Regionais da estatal. São 146 páginas onde o usuário poderá encontrar informações como:

* Informações e dados do aeroporto, além do endereço e contato;
* Telefones importantes como: Anac, Polícia Federal, Anvisa, Táxi, Agências de Turismo, Casas de Câmbio, Locadoras, Companhias Aéreas, Bancos, Achados e Perdidos, Alfândega, Táxi Aéreo, etc.
* Fotos internas e externas dos Aeroportos.

A distribuição é gratuita e é fácilmente encontrado nos balcões de informações dos aeroportos administrados pela INFRAERO em todo Brasil.
Papo de Hangar

15 minutos com a Cms Camila(Cliente da Pousada da Cmra. Daniele Carreiro)



Cmra. Camila, 26 anos, nasceu em Petrópolis (RJ) e mora em Indaiatuba (SP). Terminando faculdade de jornalismo. Comissária há 1 ano e trabalha na Azul há 7 meses.



Por que você resolveu entrar no mundo da aviação? Quando decidiu que gostaria de se tornar CMS?
É até engraçada ....Eu trabalhava em banco e estava insatisfeita no trabalho,nada me agradava,estava sempre em busca de algo que não sabia o que era....

Um dia eu fui almoçar com meu namorado e encontramos com a esposa do primo dele (que esta na aviação uns 10 anos),ai conversa vai, conversa vem,perguntei como era a vida de comissária...e ela virou pra mim e disse,você tem jeito de comissária, e riu.E me contou como era o dia a dia e outras curiosidades, um almoço que deveria ser de 30min durou 3 horas.....Fiquei empolgada,e comecei a pesquisar sobre a profissão,ver cursos,saber mais sobre a profissão,estava extremamente fascinada!

Fiz um trabalho para a faculdade sobre a profissão e vida de comissária.Foi um máximo!No começo achei que fosse empolgação,mas quando fiz o curso e vi tudo mais,cada dia eu estava mais apaixonada!

Você morava em Petrópolis,mudou-se para Indaiatuba. Isso com certeza mudou sua vida. Valeu a pena essa mudança?
Eu acredito que toda mudança é valida,e as experiências que ela traz também. Sou a caçulinha do papai.

Sempre fui muito mimada e nunca tinha morado fora,o máximo foi morar no Rio para fazer o curso de comissária,(Rio fica a 40 minutos da minha cidade) Achei que nunca iria conseguir isso,sempre achei que ia ficar na minha cidade,e morando com meus pais.

E a mudança foi grande!Além de ter saído da minha cidade,morar com pessoas diferentes e que não tem vinculo sanguíneos nenhum.... Mais está sendo o grande passo da minha vida,ou talvez seja o passo da MINHA maturidade!

Se conhecer melhor,contar com você mesma ,ter seu espaço,suas coisas,suas contas.....Dou valor hoje a coisas que antes eu não dava! Não que eu não possa contar com meus país.A família é o lugar que sei que sempre vou pode contar.È a minha base fixa!Onde sei que sempre vou voltar!

Logo depois que você se formou, já começou a mandar currículos? Demorou em entrar para uma Cia?
Já sim, foi muito rápido.Benção de Deus! Comecei no curso de comissária em Julho,me formei em Outubro, fiz a prova começo de Dezembro e fui chamada em Fevereiro de 2009!
.
A profissão era o que você esperava?
Muito mais do que eu esperava!Foi um encontrou pessoal!
.
Você não tem medo de voar? Já passou por alguma situação complicada durante algum voo?
Tinha um pouco, porque quando fui para EUA ,passei por uma turbulência forte,e tinha ficado traumatizada,mais depois aos poucos fui melhorando isso. Hoje lido com naturalidade . A mais complicada foi uma senhora que desmaiou a bordo,mais rapidamente fizemos os procedimentos necessários e solicitamos um médico.E tudo ficou bem.
..
O que é mais fácil e mais difícil em ser CMS?
Não sei se tem isso o mais fácil ou mais difícil,não vejo por esse lado,porque eu desejava muito isso,desejava muito tudo que eu estou vivendo.

O que eu acho complicado é a saudade da família,do namorado,dos amigos,dos bichos,do lar. Mas quando penso nisso, olha tudo que conquistei e a felicidade de chegar aonde cheguei, além de tudo que vem pela frente. Assim, tudo se torna mais fácil!
.
Como é o relacionamento CMS-CMS e CMS-CMTE?
Não sinto essa diferença!Fazemos parte da mesma equipe e trabalhamos pelo mesmo propósito.
.
Quando e pra onde foi seu primeiro voo?
Meu primeiro vôo foi madrugadão Fortaleza
.
Qual o voo foi mais marcante pra você até agora? Porque?
Meu primeiro vôo, que foi um sonho realizado. E o vôo que fiz com minha melhor amiga,Claudileia(Fez o curso de comissária comigo).Uma pessoa que é muito especial e que me ensinou que a vida não tem nada de complicado.
,.
Tem idéia de para quantas cidades/países já voou?
Cidade sim,14,todas que a Azul faz! Pais foi por conta própria
.
Qual o seu destino favorito? E qual destino que mais voou?
Não tenho um em especial....O que mais vôo,acho que Poa e Sdu.
.
Teve alguma situação que mais marcou para você?
Tem sim,um dia antes do meu aniversário,eu voei com essa minha grande amiga CMS Claudileia,e com uma outra comissária muito querida Bruna Lemes,e elas fizeram um Speech dizendo que seria meu aniversário e todos me deram parabéns e bateram palmas.
.
Quanto tempo você fica em uma cidade? Quanto tempo fica longe de casa?
O máximo são 3 dias,( inativo) em uma cidade .Da base em SP o máximo são 5 dias,que posso ficar fora pernoitando.E de casa Petrópolis,eu só vou quando tenho folga de mais de 3 dias,pois é muito cansativo.
.
E manter um relacionamento, é possível?
È sim!Namoro há três anos e tudo é tranqüilo quando se tem confiança,carinho,e quando um torce pelo outro.Sentir que a pessoa sabe que você esta feliz,e te incentivar.
.
Mande um recado para os que, assim como você é, querem se tornar CMS.
Que nunca devemos desistir,quando traçamos um objetivo.Quando de fato você quer........Parece que tudo conspira ao seu favor.

Desejo boa sorte a todos que querem realmente seguir a profissão,sei que é um pouco complicada.....mais no final vale a pena! Nunca desistam dos seus sonhos.E estou a disposição para qualquer duvida!

Bjus e nos encontramos nos aeroportos.......

O meu MUITO obrigada a Cms Camila que gentilmente me cedeu essa entrevista. Bons Voos!
Fonte: Meu Diário Alado

Como é o processo de contratação da Emirates no Brasil



Estamos recebendo muitas dúvidas sobre como será o Open Day da Emirates, por isso decidimos explicar de forma breve como funciona o processo seletivo da empresa e ao longo dos próximos dias iremos dar dicas aos candidatos que forem participar.

O processo seletivo da Emirates no Brasil conta com 3 etapas.

A primeira etapa é realizada exclusivamente pela consultoria Fly Right International, já a segunda e a terceira etapa são realizadas pelo Grupo Emirates Airline com o apóio da Fly Right.

O Open Day é a primeira etapa. O evento é aberto ao público em geral e não há a necessidade de ter o Certificado de Capacidade Física (CCF) ou mesmo o Certificado de Habilidade Técnica (CHT).

Neste dia, os candidatos assistem uma apresentação sobre a cidade de Dubai, a empresa aérea, o contrato de trabalho, além de ter a oportunidade de tirar quaisquer dúvidas em sessão de perguntas e respostas.

Em um segundo momento, neste mesmo dia, ocorre uma prova escrita de redação em inglês, além de uma breve entrevista individual com a entrega de currículos e fotos.

As fotos:
1 ou 2 casuais (qualquer tamanho; pode ser colorida ou p&b; Somente não são aceitas fotos em roupa de praia ou sem camisa);
1 foto recente 3×4 ou 5×7 afixada no currículo. Nesta foto, o candidato(a) deverá estar vestido(a) em traje social (business attire) ou uniforme. As mulheres com cabelo preso e maquiadas; homens barbeados com terno e gravata. Na foto você deverá estar sorrindo.

cabin crew_tcm401-383849

Para o Open Day não é necessário marcar a data para participar. Somente é importante ler os requisitos mínimos exigidos:

- mínimo de 21 anos;
- Altura suficiente para alcançar uma altura de 212cm na ponta nos pés (sem sapatos);
- boas condições físicas;
- nenhuma tatuagem, piercing ou cicatriz visível;
- inglês fluente;
- disponibilidade de residir em Dubai.

Acesse www.flyrightintl.com ou www.emiratesgroupcareers.com para maiores informações!


É importante também que os candidatos registrem seu currículos no formulário próprio da Emirates.

A duração do Open Day varia entre 3 a 6 horas, dependendo do número de pessoas. Lembrando que toda a apresentação será feita em inglês, visto que o idioma é pré-requisito fundamental.


Datas:
Conforme anunciamos aqui, estão confirmados Open Days

em São Paulo e ainda pendentes e dependendo de aprovacao, um no Rio de Janeiro e outro em Porto Alegre. Confira as datas aqui.

O Assessment Day

Após o Open Day, os candidatos selecionados serão convidados para uma segunda fase: O Assessment Day.

Datas:
No Brasil, as próximas datas do Assessment Day serão dias 30 e/ou 31 de outubro em São Paulo. Confira aqui as datas.

É possível que alguns candidatos sejam selecionados e venham a participar de Assessment Day posterior a outubro. Datas para novembro, dezembro de 2009 e/ou janeiro de 2010 ainda não estão disponiveis.

Apenas os candidatos aprovados no Open Day serão convidados. Receberão e-mail.

O Assessment Day é composto de um registro inicial, entrega de novo currículo e outras fotos que o candidato queira apresentar (fotos serão escolhidas durante o registro inicial).

Este dia é dividido em fases. Primeiro há uma apresentação inicial, perguntas e respostas, dinâmicas de grupo, teste de inglês escrito e documentação. Cada fase é eliminatória e os candidatos são informados do resultado imediatamente.

Em um segundo momento, os candidatos que obtiveram êxito, passarão a próxima atividade dentro deste mesmo dia, podendo chegar até a parte final de documentação.

Finalmente, os candidatos aprovados no final do dia deverão comparecer para a Final Interview, ou seja, farão uma entrevista individual em profundidade, geralmente marcada para os próximos 2 ou 3 dias seguintes.

Final Interview

Esta etapa também só aceita candidatos que tenham recebido a aprovação no Assessment Day. O candidato receberá um convite via e-mail com a data de sua entrevista previamente agendada.

A entrevista tem duracao de 1 hora e é feita geralmente com um chefe de cabine da Emirates ou outros profissionais de recrutamento da empresa.

O candidato entrega demais documentos – diplomas, cartas de referencia, cartas de desligamento de empresas, etc., além de cópias de acordo com instruções dadas no Assessment Day.

O canidato ainda terá que entregar algumas fotos específicas que serão solicitadas após a aprovação no Assessment Day. Geralmente são exigidas fotos profissionais pois serão encaminhadas ao arquivo do candidato junto ao Departamento de Recursos Humanos da Emirates Airline para aprovação final em Dubai.

Após a entrevista, é segurar a ansiedade e aguardar o resultado final que virá por meio de email ou telefonema direto de Dubai.

Considerações finais:

Todos os detalhes são explicados no Open Day.

Após aprovação serão requeridos alguns exames médicos de todos os candidatos antes de partirem para Dubai, satisfazendo não somente os pré-requisitos da empresa, mas como os do governo local.

Todos os custos deverão ser custeados pelos candidatos, ou seja, deslocação ao Open Day na cidade escolhida, Assessment Day e Final Interview, em São Paulo. Custos com preparação dos currículos e fotos; E, se aprovados, custo dos exames médicos que são pré-admissionais.

A empresa cobrirá os trâmites de deslocamento à Dubai, vistos de trabalho do candidato e custos admissionais apos a aprovação final.

Normalmente demora de 2 a 3 meses após a Final Interview para o candidato embarcar, porém as datas são sempre informadas com a antecedência necessária.

A entrada em todos os Open Day, Assessment Day e Final Interview são gratuitas.

A Fly Right International e a Emirates Airline possuem uma parceria de recrutamento no Brasil, Uruguay, Paraguay e Chile.

Para mais informações acessem os sites da Fly Right e da Emirates com diversas informações em inglês.

Meio aéreo

Azul resolve problemas e pretende oferecer televisão ao vivo

logo_azulbanner


Para 2010, a Azul Linhas Aéreas promete oferecer televisão por satélite a bordo de suas aeronaves.

O serviço LiveTV deveria estrear ao final desse ano, porem a empresa revelou enfrentar problemas com a cobertura via satelite.

“Ainda estamos batalhando com o satélite, a tecnologia ainda não está completa”, revelou o fundador da da aérea, David Neeleman.

Ele ainda revelou que os problemas estão sendo resolvidos rapidamente e o serviço estreará em algum momento de 2010.

Flighlife

JAL adota medidas simples para proteger o meio ambiente e economizar

Cortinas fechadas

A empresa aérea japonesa Japan Airlines (JAL) está implementando um “Exercício de Cortinas Fechadas” abrangendo 17 aeroportos no Japão e cinco aeroportos no exterior, nos quais as cortinas de aviões que estiverem parados serão fechadas para bloquear a luz solar e impedir que as temperaturas internas das cabines das aeronaves suba.

Desse modo, explica a empresa, a quantidade de ar condicionado requerida para resfriar a cabine antes da entrada dos passageiros e do início do voo será reduzida significativamente reduzida, diminuindo a quantidade de energia consumida e de dióxido de carbono (CO2) emitido. A JAL não faz nenhuma referência a economia de custos, mas, ao economizar combustível e despesas em solo, certamente a medida também implica em ganhos pelo lado financeiro.

Durante testes com o JAL Eco Jet, foi utilizado um Boeing 777 especialmente pintado para promover a consciência ambiental. Com a participação dos passageiros, que ajudaram fechando as cortinas das janelas junto a seus assentos antes de desembarcar, o tempo necessário para resfriar a cabine antes de cada voo foi reduzido em 23 minutos e 800kg de CO2 deixaram de ser emitidos durante os 18 voos de teste.


O Eco Jet da JAL

Durante dez dias do último mês de Julho, a JAL fez com que, durante a operação de limpeza da cabine de seus aviões no Japão, as equipes de terra fechassem as cortinas de todo o avião que fosse ficar estacionado de um dia para o outro. Avaliando os resultados, descobriu que o tempo médio necessário para refrigerar a cabine podia ser reduzido em 35 minutos nos aviões de grande porte e em 21 minutos nos menores. A medida reduziu em 55 toneladas a emissão de dióxido de carbono nos 650 voos envolvidos.

Em função dos resultados positivos obtidos, a empresa decidiu implantar a medida a partir do início deste mês em seus aviões nos aeroportos no Japão e nos de Los Angeles, Honolulu, Hong Kong, Guam e Taipé. Equipes de terra irão fechar as cortinas de todo o avião quando este for ficar estacionado e os passageiros serão estimulados a ajudar fechando as cortinas das janelas antes de deixar a aeronave.

ASPIRE

No próximo dia 10, o voo JO 077 da JAL, com um Boeing 747-400 entre Honolulu e Osaka, será o primeiro voo realizado na Ásia dentro da iniciativa ASPIRE (ASia and Pacific Initiative to Reduce Emissions) um projeto no qual diversas organizações de aeronáutica e entidades governamentais de diversos países procuram desenvolver, implementar e estimular procedimentos que tornem os voos ecologicamente mais amigáveis.

Estudos projetam que as medidas adotadas nesse voo reduzirão em 5362 litros o consumo de combustível e em 13, 14 toneladas a emissão de CO2. Entre outras medidas, a iniciativa ASPIRE prevê:

  • a redução do número de páginas da revista de bordo
  • a diminuição do peso dos talheres utilizados nas refeições
  • a substituição das garrafas de vinho servidas na classe econômica por garrafas em PET
  • a troca dos containers de carga de alumínio por outros em “Twintex”, uma liga de fibra de vidro
  • a redução da bagagem de mão da tripulação
  • desligamento da unidade auxiliar de força (APU) quando o avião estiver estacionado, passando a usar energia elétrica de solo
  • otimização de rotas
  • etc.
Viagem de Negócios

Controle iraquiano agora é civil



O controle de tráfego aéreo do Iraque voltou a ser efetuado por funcionários civis. Desde 2003 cabia aos militares essa tarefa, mas agora o RAMCC (Regional Air Movement Control Center) é novamente tarefa civil, sob controle do Governo iraquiano.

Aviação Comercial


Avião cai em lago Carolina do Norte



Um pequeno avião caiu no reservatório de Buckhorn de Wilson em 8 de outubro de 2009.

Homem escapou do prejuízo, quando seu pequeno avião caiu em um reservatório no Wilson, na Carolina do Norte nessa quinta 08 de outubro.

O piloto John Massey de Setenta e nove anos de idade,disse às autoridades que ele ficou temporariamente cego pelo sol e que o avião estava muito perto da água, quando ele pode ver novamente, já era tarde.

Algumas pessoas em um barco doca Massey ajudaram-no a sair do avião. Ele foi avaliado pelo serviço médico de emergência, mas não foi levado a um hospital.

O monomotor de dois lugares Remos G3 foi retirado da água quinta-feira.

Você acredita em Aviões Fantasmas

Mais de 50 aviões se chocaram nos picos de Sheffield, Reino Unido, durante a II Guerra Mundial, e mais de 300 pessoas perderam suas vidas como resultado. Desde então, fantasmagóricos avistamentos de aviadores têm sido relatados.

Em uma noite clara e fria, em Sheffield, no ano de 1997, algumas pessoas ficaram sobre os morros procurando o cometa Hale Bopp. Mas, assim como a visão do cometa, eles tiveram uma surpresa extra …

As Testemunhas viram um avião voando baixo. Um agricultor abaixou instintivamente quando o avião passou sobre a sua cabeça. A aeronave parecia estar em dificuldades, e eles viram que aparentemente bateu nos morros.

Eles ligaram para 999, e uma operação de salvamento foi lançada, mas nenhum avião ou vestígio foi encontrado, apesar dos esforços de 100 policiais e voluntários …

Em Abergele, em 1987, um avião de carga do tipo Hércules, preto e sem marcas, apareceu do nada e foi observado voando baixo por diversas testemunhas. Logo depois, do mesmo modo que apareceu, sumiu. Telefonemas foram dados para a RAF em Anglesey e para aeródromos próximos, mas ninguém soube informar o que aconteceu.

O incidente mais dramático relatado veio de Llangernyw, Denbighshire, quando mães que buscavam os filhos na escola relataram o aparecimento de um avião enferrujado e sem pintura que voou velozmente sobre suas cabeças para algumas colinas distantes, e em seguida arremeteu e sumiu ao longe. O espantoso nesse caso é que nenhum serviço de aviação permitiria o voo de um avião naquelas condições.

Em 1994 o avião fantasma apareceu em 15 de junho nos morros de Denbigh voando baixo e desaparendo em pleno ar. Em outubro o avião foi visto em Wrexham.

Em Illinois, E.U.A., um famoso acidente aéreo perto de Plaine Des em 1979, aparentemente resultou em um enigmático avistamento de luzes rondando ao redor do local do acidente poucos meses depois. Inicialmente, acreditava-se que eram pessoas procurando lembranças. Quando os policiais chegaram, eles não encontraram nada no campo deserto. Este jogo de gato e rato com as autoridades locais durou meses.

Uma área residencial próxima começou a ter experiências inquietantes. Algumas pessoas disseram que na exata hora do acidente, ouviam bater em suas portas ou janelas, e quando iam atender não encontravam ninguém.

Semanas mais tarde, alguns relataram que numa destas batidas noturnas, encontraram um homem confuso na porta, dizendo que precisava encontrar a sua bagagem. Em seguida ele virou e desapareceu na escuridão.

Uma experiência particularmente bizarra ocorreu mais tarde com um novo residente. O homem estava andando com seu cão tarde da noite quando encontrou um jovem dizendo que precisava dar um telefonema de emergência. O rapaz cheirava acombustível e fumaça.

Isso assustou o morador, que se afastou um pouco e indicou um telefone público. Quando olhou para trás não havia ninguém lá.

Segundo a prarieghosts.com, tais experiências continuam nessa área. Existem vários relatos de misteriosas batidas nas portas ou encontros com aquilo que podem ser espíritos inquietos do acidente de avião de 1979.

Outra história relacionada vem do aeroporto O’Hare em Chicago, de onde o voo partiu. Algumas pessoas disseram que já viram um homem de negócios numa cabine telefônica perto do portão de embarque do voo em 1979. Sua roupa parece estranhamente fora de época, e ele declaradamente anda para longe da cabine telefônica e desaparece repentinamente.

A Base da Força Aérea Hickam, no Havaí é outro local de múltiplas visões de um fantasma chamado “Charley”, que alegadamente aparece desde o ataque aéreo japonês em 7 de dezembro de 1941. As salas da sede da Força Aérea no Pacifico eram o dormitório de 3200 homens, e mais de 60 deles foram mortos quando tomavam o café da manhã.

Especialmente na década de 80, Charley assustou aqueles que estavam estacionados em Hickam. Rádios eram abruptamente ligados, passos altos eram ouvidos, um zelador viu uma torneira abrir sozinha, e uma pesada porta de vidro abrir e fechar. Um historiador descobriu que o pessoal da segurança na época registrou que não gostava de andar nos corredores a noite por causa dos “fantasmas”.

Oh my dog

Piloto recebe direito de ser Reintegrado


Um piloto que foi demitido após ter sua arma descarregada no cockpit está de volta ao trabalho após um juíz ter-lhe cedido a reintegração.




As imagens mostram o buraco na parede da cabine de E.U. Airways Vôo 1536

A E.U. Airways disse hoje que Jim Langenhahn voltou a treinar na segunda-feira depois de 18 meses de suspensão disciplinar.

A companhia aérea disse que como parte da decisão do juíz federal o piloto Jim Langenhahn, será impedido de portar arma na cabine do piloto.
Após os ataques terroristas em 2001, os pilotos fizeram lobby para o direito de portar armas no cockpit.

Uma lei federal de 2002 permitiram que os pilotos pudessem transportar armas de fogo a bordo, a condição é que eles participassem de um programa executado pelo Transportation Security Administration, que inclui uma semana de treinamento com armas.
A arma disparou pouco antes de aterrizar em um vôo de Denver a Charlotte,em Março de 2008.
Langenhahn, um ex-piloto da Força Aérea, disse que estava descarregando sua pistola.

A bala rasgou a parede do cockpit e a fuselagem. Nenhum dos passageiros ou tripulantes ficou ferido.

Após este incidente a E.U. Airways o demitu e ele levou o caso à justiça, apoiado pelo seu sindicato, os E.U. Airways Pilots Association.

Em uma carta ao presidente do sindicato, ele agradeceu aos membros do sindicato e o advogado que fizeram lobby para a sua reintegração e ajudou-o financeiramente. Ele chamou-lhe um calvário "longo e doloroso".

"Estamos felizes por tê-lo de volta", disse o porta-voz da E.U. Airways, James Ray. "A companhia exagerou. Capitão Langenhahn teve um registro distinto e imaculadO em seus tempos de E.U. Airways".

Caso Langenhahn foi reforçada quando o Departamento de Segurança Interna criticou o projeto de coldres usados pelos pilotos que carregam suas armas a bordo dos aviões uma vez que aumentam as chances de disparo acidental quando os pilotos inserem suas armas nos coldres.

Ariana Afghan Airlines solicita permisão de retorno a Londres



A companhia aérea afegã Ariana pretende obter a permissão das autoridades européias de segurança da aviação para retomar seus vôos para Londres .

Seus gestores acreditam que há potencial para uma conexão para o aeroporto londrino de Heathrow, pelo grande número de diplomatas, funcionários de ONGs e empresas de segurança privadas que vivem no Reino Unido e querem viajar para Cabul.


Esta situação é agravada pelo número estimado de aproximadamente 40.000 afegãos que vivem na Grã-Bretanha.

O último voo da Ariana a chegar em território britânico foi um Boeing 727 desviado de sua rota e que seus seqüestradores forçaram a aterrizar no aeroporto de Stansted (norte de Londres) para pedir asilo no país.



A ligação com Londres foi interrompida nos anos noventa, quando o país asiático estava mergulhado em uma guerra civil.

Com uma série de acidentes fatais em 1997 e 1998, tudo devido a má manutenção dos aviões, arruinou sua reputação.

Em 2006, as autoridades europeias a proibiram de aterrizar no continente baniram por terra no continente, mas em junho passado a Ariana recebeu dois Airbus 310/300 .
A Ariana, entretanto investiu 15 milhões de libras (16,5 milhões) em duas novas aeronaves, cursos de formação de pilotos e apoio técnico.

FINANCIAMENTO AMERICANO PARA EGYPTAIR


A companhia Egyptair recebeu o primeiro de cinco jatos Boeing B.737-800 cuja compra foi financiada pelo Exim Bank dos Estados Unidos. O JP Morgan fez o empréstimo com o aval do Governo de Washington. Esse lote de aeronaves é ´parte de uma encomenda maior de 12 aviões do mesmo fabricante. A direção da empresa egípcia vem renovando a frota e aplicando um rígido programa para melhorar suas condições de manutenção e operação, visando sair da "lista negra" das autoridades européias que baniu seus vôos no Velho Mundo.
Aerobusiness

OceanAir promove Dia das Crianças a bordo de suas aeronaves


De 9 a 12 de outubro, a OceainAir distriburá a bordo das aeronaves cataventos em todos os voos que partem dos aeroportos de Guarulhos, Congonhas, Santos Dumont e Brasília, com destino às principais cidades brasileiras. Os passageiros também irão concorrer à sorteio de ursos de pelúcia recheados com balas Perfetti Van Melle.

"Combinando ações como essa, criadas para datas especiais e feriados, com as regulares promoções de tarifas e nosso serviço de bordo diferenciado, correspondemos às expectativas dos nossos passageiros que buscam viajar com conforto, segurança e boas tarifas em suas viagens pelo Brasil", afirmou Renato Pascowitch, Diretor Executivo da OceanAir.

Mercado e Eventos

Gol lança voos regulares entre Florianópolis e Buenos Aires


A Gol, companhia aérea de baixo custo e baixa tarifa da América Latina, acaba de lançar um voo regular diário que liga, sem escalas ou conexões, o Aeroporto Internacional de Florianópolis (Santa Catarina) a Buenos Aires, na Argentina. A nova rota é operada por aeronaves Boeing 737-800 Next Generation.

O voo direto parte da capital catarinense às 04h50, chegando no Aeroporto Internacional de Ezeiza, em Buenos Aires, às 06h55. No sentido contrário, a aeronave decola da Argentina às 23h01, com chegada prevista em Florianópolis às 00h55.

As passagens já estão disponíveis para compra no site da GOL (www.voegol.com.br), ou por meio da Central de Relacionamento com os Clientes, no telefone 0300-115-2121(custo de ligação local).

Mercado e Eventos

United Airlines fará oferta de títulos


A United Airlines anunciou que vai colocar no mercado, em oferta pública, títulos do tipo enhanced equipment trust certificates (EETC), no valor de US$ 659 milhões. A oferta, que tem o objetivo de financiar o pagamento dos títulos de uma oferta semelhante feita em 2001, cobre diversos aviões da frota da empresa. Os títulos pagarão juros de 10,4% e terão vencimento em 1 de novembro de 2016.

A empresa pretende utilizar a receita da oferta para o pagamento do principal do EETC de 2001, no valor de US4 568 milhões. O saldo, de cerca de US$ 90 milhões, será usado para fins corporativos de caráter geral depois do pagamento das despesas do lançamento. Espera-se, como resultado da transação, uma redução de despesas de pagamento do principal de cerca de US$ 215 milhões em 2010 e de cerca de US$ 100 milhões em 2011.

A J.P. Morgan Securities Inc. e a Morgan Stanley & Co. Incorporated estão agindo como agentes conjuntos para a operação. A Goldman, Sachs & Co. participa como co-responsável pela oferta.

ML&A Comunicações

Aero República nova rota Bogotá-Quito


A companhia começará a operar uma nova freqüência a partir de 17 de Dezembro. Com a nova rota espera-se um aumento no número de viajantes entre a Colômbia e a capital equatoriana.

Segundo o presidente da companhia, Roberto Junguito Pombo, "Na Aero República acreditamos firmemente que a conectividade internacional é um fator importante para o crescimento econômico do país. Esperamos com este novo vôo vamos ter viajantes de negócios de todo o país em um novo destino internacional que havia sido solicitado por vários meses. "

Briga Sindical pela frente



Os sindicatos na British Airways (BA) não estão dispostos a aceitar os planos da transportadora aérea nacional para eliminar 1.700 postos de trabalho e avisou que em breve poderá convocar uma greve caso a empresa não melhorare seus planos.
Depois de mais de nove meses de negociações com representantes dos trabalhadores, a BA anunciou terça-feira que vai eliminar 1.700 postos de trabalho e congelamento de salários para a sua tripulação durante dois anos, a fim de cortar custos na crise atual.

"Eles estão colocando uma arma para as cabeças dos funcionários", disse uma fonte sindical, que anunciou que os sindicatos não vão ficar de braços cruzados, pois há menos pessoas do que a companhia aérea exige "mais trabalho por menos dinheiro.

As medidas anunciadas incluem a redução do número de até 12.300 postos de trabalho da companhia aérea 14.000 atuais.

UE aprova negociar acordo bilateral em aviação civil com Brasil


Os ministros dos Transportes dos países da União Europeia (UE) defenderam nesta sexta-feira a negociação de um acordo bilateral com o Brasil para o reconhecimento mútuo de certificados ambientais e de segurança de produtos aeronáuticos.

A intenção da UE é garantir a segurança e facilitar o comércio de produtos, peças e equipamentos aeronáuticos, assim como os serviços relacionados à manutenção de aeronaves entre ambas as partes.

Desde 2004, a Agência Europeia para a Segurança Aérea (EASA, na sigla em inglês) e a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) desenvolvem um trabalho de cooperação para solucionar questões de certidão e aceitação dos resultados.

A Comissão Europeia, órgão executivo da UE, será a encarregada de negociar com o Brasil os mecanismos de cooperação para aproximar progressivamente os processos de regulamentação de ambas as partes.

EFE

Aviação paulista prepara-se para a Formula 1


logo_f1


Equipamentos chegam à São Paulo

A aviação ja começa a se agitar essa semana, com a chegada da Formula 1 ao Brasil.

O aeroporto de Viracopos em Campinas, recebeu cerca de 600 toneladas de equipamentos vindos do Japão, aonde realizou-se a ultima etapa da categoria. As aeronaves Boeing 747 cargueiras, trouxeram equipamentos que incluem, além dos carros, sistemas televisivos e veículos de salvamento para realização do GP no próximo dia 18 de outubro.

Nessa sexta-feira são esperadas mais aeronaves com equipamentos. Com objetivo de garantir mais agilidade e segurança durante o desembaraço da carga, a operação acontece no próprio pátio de aeronaves. em seguida, os caminhões seguem diretamente para o Autódromo José Carlos Pace, no bairro de Interlagos, na capital paulista.

f1_campinas

ANAC revela esquema especial para helicópteros durante GP do Brasil

A ANAC, em conjunto com a Aeronáutica e a empresa organizadora do GP do Brasil de Fórmula 1,deram início a uma operação especial para a movimentação de helicópteros em Interlagos e nos helipontos da capital paulista.

Todas as aeronaves e pilotos de helicóptero que pretendem voar para Interlagos nos dias de treinos e de corrida terão de ser previamente autorizados e comprovarem estar em dia com a documentação obrigatória.

Uma reunião será feita, entre a ANAC e os pilotos e operadores de helicópteros, para explicar questões de segurança durante o evento. Somente quem participar terá licença para operar em Interlagos. Também será feita uma simulação de resgate aéreo, em caso de acidente.

Flightlife

"Fumaça" em Curitiba


Show de amanhã faz parte do ‘Circuito Sul’

EDA_07

A Esquadrilha da Fumaça vai estar em Curitiba amanhã. Uma apresentação especial está programada para as 11 horas, no Cindacta 2, no Bacacheri, com portões abertos para a população. O evento já é tradicional na cidade. Na programação do show estão previstos atrações ligadas à aeronáutica. Além da esquadrilha que vai fazer malabarismos e manobras aéreas, haverá demonstrações militares e exposição de aeronaves. A entrada será franca, mas a organização pede que quem puder leve um quilo de alimento não perecível.

A Esquadrilha da Fumaça da Força Aérea Brasileira usa os aviões de treinamento Tucano adaptados para desenvolver as acrobacias. O avião também é utlizado pela FAB na vigilância de fronteiras, especialmente na Amazônia, onde os SuperTucanos patrulham a região.
Como é esperado um grande movimento na região do Bacacheri e da base aérea, a Diretoria de Trânsito (Diretran) de Curitiba também vai atuar na orientação ao trânsito próximo do horário do início da apresentação.

Poder Aéreo

Niki prevê expansão no próximo ano


Com o fim da Sky Europe e a diminuição de rotas da Austrian Airlines, várias companhias aéreas procuram conquistar novos clientes na Europa Central.

Por exemplo, a “low fare” Fly Niki tem planos de expansão de 12 para 16 aviões em 2010. A rota Viena – Frankfurt terá três voos diários a partir de Novembro, o mesmo acontecendo em Viena – Paris (Charles de Gaulle) no Verão do próximo ano.

Solange corta-férias

A diretora-geral da Anac, Solange Paiva Vieira, acaba de baixar uma portaria proibindo que qualquer servidor da agência com cargo de gerente para cima tire férias no período entre 15 e 31 de dezembro. O motivo é óbvio: quer a turma toda no batente no período mais complicado do ano nos aeroportos brasileiros.

Imagine-se a popularidade de Solange dentro da Anac com essa medida.

Aliás, com os aeroportos mais e mais lotados, daqui a pouco Solange vai ter que proibir todos de tirar férias o ano inteiro.

Radar Online

Por que não comprar o F-18 ? - EUA não transfere tecnologia ao Brasil


EMBARGO dos Estados Unidos contra Brasil · EUA não transfere tecnologia ao Brasil

Os EMBARGOs dos EUA contra o desenvolvimento do Brasil nas áreas de tecnologia aeronáutica, espacial e defesa.



Blog do Vinna

Mais 4 B737 para a Webjet


B737 Webjet

Mais quarto Boeing 737-300 estão previstos para incrementar a frota da Webjet. Estes serão:

  • PR-WJQ, vindo da Nova Zelândia;
  • PR-WJR vindo da Indonésia;
  • PR-WJS e PR-WJT vindos do Arizona.

Se não me engano quando essas 4 aeronaves chegarem, a verdinha passará a ter 20 aeronaves na sua frota, voando para diversas localidades brasileiras.

Eagle Sky

A Campanha de O Globo está dando certo


O Jornal o Globo lançou no dia 6/10 a campanha: Você ja enfrentou problemas no Galeão? Conte pra gente. Em princípio pensou-se que o objetivo seria contribuir para a melhoria da qualidade dos serviços. Afinal seria um dos únicos casos em que um jornal de grande circulação, a custo zero, contribuiria para a melhoria de um serviço público.

Mas, foi um engano. O objetivo de O Globo era o de noticiar experiências ruins vivenciadas por certos passageiros na incansável campanha daquele jornal para difamar o aeroporto e induzir a população a acreditar que apenas uma nova gestão (privada) por resolver esses problemas.
Os primeiros resultados da campanha do jornal estão publicados na coluna Gente Boa. Veja:
Pior do mundo
Carlos Tufvesson tentou usar o banheiro no andar do desembarque do Galeão à meia-noite. Sem sucesso. Placa na porta informava que ele fecha das 22 às 6h. “Como explicar”, lamenta Tufvesson, “um aeroporto que fecha o banheiro em pleno funcionamento?”.
Pior do mundo II
Alcione Araújo embarcou às 7h30 no Galeão e não registrou o laptop na Receita Federal, fechada. Na Polícia Federal se recusaram a declarar que ele saía com o laptop. Na Avianca, sugeriram, com seriedade, que se fotografasse com o objeto. Nada foi feito, nem era preciso. Na volta, também pela manhã, todos continuavam fechados.“Podia ter entrado até com droga”, lamenta Alcione.
Aeroportos no Brasil

Compra de bilhete da TAM pode ser alterada na web


A pedido do Ministério Público Federal (MPF), a TAM Linhas Aéreas passou a oferecer serviços de reembolso e remarcação de passagens por meio do seu site. O MPF havia alertado a empresa sobre a necessidade de que mecanismos idênticos aos oferecidos para a compra fossem disponibilizados também para a alteração dos bilhetes.

A obrigatoriedade de equivalência de meios para a contratação e para cancelamento de serviços é determinada pelo Código de Defesa do Consumidor, informou à TAM o procurador da República Alan Rogério Mansur Silva, que atua no Pará. Em resposta encaminhada, a companhia aérea informou que o serviço foi instalado no início de setembro no site da empresa.

O tema passou a ser analisado pelo MPF em 2008, depois que a procuradoria da República em Belém recebeu reclamações de consumidores sobre o fato de algumas empresas só permitirem o cancelamento, remarcação e reemissão de passagens em suas lojas ou por meio de atendimento telefônico, mesmo quando o bilhete foi adquirido via internet.

- O cancelamento, remarcação e reemissão de bilhetes por outro canal de venda, diverso do contratado (no caso, da internet) se mostra excessivamente oneroso para o consumidor que contratou os serviços da companhia aérea pela rede mundial de computadores - observou Mansur Silva na recomendação encaminhada à TAM.
Desástres Aéreos

Continental terá TV ao vivo


A norte-americana Continental Airlines vai equipar toda a sua frota de jatos Boeing usados nos vôos domésticos com sistemas de TV capazes de permitir aos passageiros de vôos domésticos assistir programas ao vivo.



Até o fim de agosto 22 dos seus jatos B.737-900ER já estavam assim equipados. O plano é dotar com esses sistemas todos os B.737-900 além dos B.737-700 e 800, e os B.757-300.
Aviação Comercial

Piloto sumiu


O voo 3158 da TAM decolou do Rio às 22h20, terça, para Recife. Pouco mais de duas horas depois, a aeromoça anunciou o pouso em... Natal, que no mapa fica depois de Recife.

Começou, claro, um bafafá no avião até que o piloto informou que estava cumprindo a escala que lhe foi passada.

Ah, bom!

Gazeta de Alagoas - AL

BRA prepara argumentos para convencer Anac a liberar voos regulares de passageiros

Agência fará inspeção técnica e operacional na companhia aérea em outubro

A companhia aérea BRA – que transporta em seu capital investidores de primeira classe, como Goldman Sachs, Darby e Gávea Investimentos – aproxima-se de um momento-chave em seu plano de recuperação judicial. Até meados de outubro, a Anac deverá proceder a primeira inspeção técnica e operacional desde que autorizou a empresa a retomar as atividades, em junho.


Os controladores da BRA, os irmãos Walter e Humberto Folegatti, pretendem sensibilizar a agência a liberar a operação de voos regulares. A companhia só está autorizada a oferecer voos charters ou fretamentos.

Sonhar não custa nada. Porém, não vai ser fácil para a BRA convencer a Anac. A empresa carrega uma dívida em torno de R$ 200 milhões e vem operando com apenas duas aeronaves.

Os acionistas da BRA usam a limitação como argumento a seu favor. Alegam que a empresa só terá capital para aumentar a frota caso volte a operar linhas regulares. Desta forma, ela poderá reiniciar a venda direta de passagens. Hoje, por conta das restrições impostas pela Anac, os bilhetes só podem ser vendidos por agências de turismo, salvo os fretamentos – fechados pela própria companhia.
Direto da Pista

Viajar de avião em uma mini suíte na Korean Air

Kosmo Suites

A companhia aérea Korean Airlines decidiu renovar a primeira classe oferecendo aos passageiros uma sistemação mais do que exclusiva. Trata-se da nova Kosmo Suite, que realmente se parece com uma mini suíte, com todos os confortos de um quarto de hotel de alto luxo.

A poltrona já é 15 cm mais longa que aquelas da “velha” primeira classe e se reclina até atingir a posição horizontal. O viajante ainda pode aproveitar todo o conteúdo de vídeo na tela instalada à sua frente. E não é tudo: as refeições servidas nesta primeira classe foram idealizadas em colaboração com restaurantes de fama internacional como o La Cucina e o chinês Dorim, do Lotte Hotel. Mas os hóspedes, ou melhor, os passageiros, podem experimentar as iguarias preparadas por um chef japonês que viaja à bordo da aeronave.

Um voo com a Korean Air de Seoul até Nova York, na Kosmo Suite custa 12 milhões de won, cerca 17,7 mil reais.

viajandaun

Brasil pesquisa motor hipersônico com velocidade seis vezes superior à do som


As novas pesquisas sobre velocidade hipersônica mostram que o mundo está cada vez mais perto de superar os desafios que envolvem o desenvolvimento de aeronaves que voam em velocidades seis vezes superiores à do som. Para se ter uma ideia do que isso significa , o Concorde, que era supersônico, voava duas vezes a velocidade do som.

Com as novas pesquisas em curso, espera-se que num futuro próximo uma viagem entre o Rio de Janeiro e Nova York, por exemplo, seja feita em apenas duas horas. O Brasil não está de fora dessa corrida e a partir do próximo mês começa a testar, em um equipamento chamado túnel de vento, o motor do 14-X, veículo não tripulado, que em sua versão final será capaz de colocar satélites em órbita a velocidades ao menos seis vezes superiores à do som.

O projeto do 14-X conta atualmente com o apoio da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) e Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) que, juntos, já destinaram R$ 10,5 milhões ao projeto. Outros R$ 6 milhões estão previstos para este ano, através da Finep.

O veículo, em forma de asa delta, está sendo projetado por Tiago Cavalcanti Rolim, um jovem engenheiro do Instituto de Estudos Avançados (IEAv), formado pelo ITA (Instituto Tecnológico de Aeronáutica), em 2005. Na versão para voo, o 14-X terá 2,5 metros de comprimento e cerca de 300 quilos de peso.

Previsto para fazer seu primeiro voo em 2012, o 14-X, nome dado em homenagem ao 14 Bis, será lançado por um veículo de sondagem VS40. Isso porque um motor hipersônico precisa de um foguete, com propulsão sólida, como estágio inicial de lançamento, para que a velocidade hipersônica seja atingida”, explica Rolim. Ao nível do mar, o 14-X voará a uma velocidade aproximada de 3 km por segundo.

Em outubro, serão iniciados os testes do processo de combustão do motor do 14-X no T-3, maior túnel de vento hipersônico da América Latina, que está instalado no laboratório de Aerotermodinâmica do IEAv, órgão do Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial (DCTA), em São José dos Campos.

Pesando mais de 15 toneladas e medindo cerca de 24 metros de comprimento, o T-3 foi construído com recursos também da Fapesp. O projeto custou R$ 2,5 milhões e sua operação foi iniciada em dezembro de 2006. O túnel de vento é uma ferramenta fundamental para testar a eficiência do projeto de um veículo aeroespacial, pois consegue simular, de forma representativa, as condições e o ambiente encontrados durante o voo.

A reprodução das condições encontradas num voo hipersônico é uma tarefa ainda mais desafiadora, pois o veículo viaja a velocidades seis vezes superiores à do som.

“Além disso, o meio que circunda a aeronave não é somente o ar atmosférico, mas uma mistura de átomos, elétrons e íons, uma situação semelhante a que acontece, por exemplo, com veículos espaciais retornando à Terra”, detalha o coordenador do projeto do 14-X, Coronel da Aeronáutica Marco Antônio Sala Minucci.

Segundo o coordenador, durante o voo hipersônico podem ser geradas temperaturas superiores ao ponto de fusão da maioria dos metais convencionais.

Atualmente, apenas os Estados Unidos e a Austrália viabilizaram o voo atmosférico de veículos demonstradores, com duração menor que 10 segundos. O veículo demonstrador da Nasa (Agência Espacial Americana) é o X-43 e o HyShot, da Universidade de Queensland, é o demonstrador tecnológico da Austrália.

Em 2004 a Nasa quebrou o recorde de velocidade para uma aeronave com o modelo X-43A, que em apenas dez segundos atingiu 10 mil quilômetros por hora, algo próximo a Mach 10 (10 vezes a velocidade do som). O HyShot atingiu altitude de 300 quilômetros em trajetória vertical, através do foguete Terrier-Orion. No voo descendente o veículo australiano alcançou cerca de 35 quilômetros de altitude e Mach 7.6.

Em continuidade a esse programa, batizado de Hyperx, a Nasa e a Boeing estão desenvolvendo o veículo hipersônico X-51, que fará seu primeiro voo até o fim deste ano. A velocidade hipersônica alcançada pelo X-43A foi obtida por meio de uma nova tecnologia, a de motores do tipo “supersonic combustion ramjet”, conhecida pela sigla scramjet ou motores a propulsão aspirada.

A principal vantagem desses motores, segundo Minucci, é que o oxigênio necessário ao seu funcionamento é retirado do próprio ar atmosférico. “O sistema de propulsão scramjet, ao contrário dos atuais motores-foguete, não utiliza o oxigênio a bordo, que representa mais da metade do seu peso”.

Dessa forma, o peso total de decolagem do veículo pode ser reduzido e a quantidade de combustível necessária para a operação do foguete e o próprio veículo podem ser menores, resultando em uma redução significativa nos custos”, explica o pesquisador, que também é diretor do IEAv. Segundo ele, mais da metade do peso de um veículo a motor-foguete é devido ao oxidante.

Outra tecnologia de ponta que está sendo utilizada no projeto do 14-X é o conceito “waverider”, responsável pela sustentação da aeronave, através da formação de uma onde de choque na parte inferior do veículo. “A tecnologia waverider confere alta razão de planeio ao veículo, que voa mais longe com a mesma quantidade de combustível”, destaca Rolim.

Blog DefesaBR

Galiza vai quadriplicar o investimento para angariação de novas rotas low cost


Em 2010, Galiza (Na Espanha) vai quadriplicar o investimento para angariação de novas rotas de companhias aéreas de baixo custo.

Santiago, Vigo e La Corunha vão ter disponíveis 4.5 milhões de euros enquanto que ao longo deste ano puderam investir pouco mais de 1 milhão de euros.

O objetivo será preservar e ampliar voos low cost, fomentando assim o turismo na Galiza. Os responsáveis da região autónoma contataram seis low cost e incentivaram-nas a apresentarem propostas quanto a novos destinos. Alguns objectivos são Berlím, Basileia, Zurique, Munique, Bruxelas, Milão e Roma.

Aéreas intimadas a testar e desinfectar água



Os reguladores norte-americanos estabeleceram nesta terça-feira normas que obrigam as transportadoras aéreas a testar e desinfectar a água da torneira servida aos passageiros e usada nos lavabos do avião, numa tentativa para controlar a contaminação bacteriana.

As regras estabelecidas pela Agência de Proteção Ambiental norte-americana prevêem a frequência com que as companhias aéreas devem descarregar e desinfectar os sistemas de água nos aviões e fazer testes à presença de bactérias coliformes.

As bactérias coliformes de um modo geral não são perigosas, embora sejam consideradas como um indicador da presença de germes causadores de doenças.

Aeroblog

Novo terminal inaugurado na Rússia


O Presidente Dmitry Medvedev inaugurou oficialmente o novo Terminal Internacional do Aeroporto Ekaterinburg Koltsovo. A obra completou as reformas de modernização daquele aeroporto, da região dos Urais, no centro da Rússia.
Aviação Comercial

Embraer prevê dificuldades para setor comercial em 2010

GENEBRA - A Embraer prepara-se para mais um ano difícil na aviação comercial, em meio a desaceleração persistente dos negócios e aumento da concorrência.

" O mercado não está fácil para 2010 " , afirmou ontem o vice-presidente da aviação comercial da empresa, Mauro Kern, durante a assembleia anual da Associação das Empresas Aéreas Europeias (European Regions Airline Association - ERA), que reune companhias, aeroportos e fornecedores em Interlaken (Suíça).

Os participantes do evento previram novas reduções de capacidade e mais dificuldades. O mercado continua contraído, com as empresas aéreas procurando conter os custos e lidar com queda nos preços das passagens. " Os aviões estão relativamente cheios com a redução de capacidade, a tarifa média está baixa porque a proporção de passageiro de turismo aumentou, mas os passageiros de classe executiva, que pagam mais, diminuíram muito " , disse Kern.

Até o fim de 2010 haverá " muita dificuldade " e a expectativa é de alguma recuperação só em 2011. " A Embraer não tem recebido cancelamentos, mas alguns adiamentos, pequenos. O efeito maior sobre carteira de pedidos é o não exercício de opções " , acrescentou o executivo.

Alguns mercados reagem melhor, com o transporte aéreo crescendo no Brasil, no Oriente Médio e na China, mas os grandes, que são os EUA e a Europa, continuam em estado de crise. Na Europa, outros fatores são importantes, como a concorrência do trem de alta velocidade competindo com o transporte aéreo, mas conectando basicamente grandes centros.


A Embraer insiste que os jatos regionais são parte da solução para as empresas. Só que a redução da demanda de passageiros continua comprimindo a receita das companhias. " No curtíssimo prazo, não vemos mudanças nesse cenário " , segundo Kern.

Além disso, a competição está aumentando para a Embraer, com produtores de jatos regionais da Rússia, Japão e China entrando no mercado justamente no nicho dos novos aparelhos da companhia brasileira, com aviões de 70 a 120 assentos.

A Mitsubishi Aircraft anunciou ter recebido uma encomenda de até 100 aviões regionais da Trans States Holdings (TSH), segunda maior empresa aérea independente regional dos EUA, tornando-se a segunda cliente da Mitsubishi Aircraft depois da All Nippon Airways (ANA). É igualmente a primeira cliente da fabricante japonesa no exterior.

Com a competição se intensificando pela frente, a Embraer diz que quer manter um diferencial competitivo. " Muito importante é dar um suporte excelente à operação desses (novos) aviões, em termos de técnica, treinamento e peças de reposição. Enfim, poder expandir e consolidar a estrutura de suporte e assim assegurar o sucesso desses aparelhos " , afirmou.Os E-jets continuarão a receber aprimoramentos, que trazem valor para as companhias. Os E-170 começaram a operar no Aeroporto de Lond City, o que exige melhor desempenho por causa da pista restrita.Para o executivo, os E-jets têm aceitação ampla pelos mercados. Já são 600 aparelhos entregues, para um aviao certificado há apenas cinco anos.

Além disso, 54 companhias aéreas já compraram esse avião, utilizado pelas empresas regionais, de baixo custo e tradicionais.Em paralelo, Kern diz que Embraer está desenvolvendo tecnologias novas em preparação para aviões do futuro. Em março, a companhia demitiu 20% de seus empregados. Com a situação difícil também em 2010, a questão é se as demissões aumentarão. Kern não quis fazer comentários, porque é preciso levar em conta também a situação das divisões de aviões executivos e de defesa. G1

Primeiro voo do A380 da Lufthansa



A380 Lufthansa

O primeiro A380 da Lufthansa realizou o primeiro voo hoje, em fase de testes. A entrega está prevista para março próximo. A tripulação do voo de teste não detectou nenhuma anormalidade na aeronave. A companhia alemã disse que estará configurada em aproximadamente 550 pessoas.

A lufthansa encomendou 15 aeronaves desse modelo.

Eagle Sky

Assédio sexual a aeromoça leva piloto e co-piloto a trocarem socos em vôo


“Os 106 passageiros do voo IC 884 da Air India foram testemunhas de uma turbulência inusitada a bordo do Airbus A-320 que os levava de Sharjah, no Golfo Pérsico, a Nova Délhi no sábado, dia 3.

Quando o avião sobrevoava o Paquistão, a 10 mil metros de altitude, o piloto e o co-piloto saíram no tapa com uma aeromoça e um comissário de bordo, numa briga que começou na cabine e se estendeu aos corredores.

A razão teria sido o assédio dos pilotos à aeromoça, que prestou queixa assim que a aeronave aterrissou. Tanto ela como o co-piloto ficaram com marcas da briga.

Segundo relatos, a confusão começou ainda em terra, antes de o avião decolar em Sharjah, mas a pancadaria só teria ocorrido com o Airbus já em voo. A companhia negou que em algum momento a aeronave tivesse ficado sem comando, como afirmaram algumas testemunhas.

Os pilotos rebateram a acusação de assédio e alegaram que o caso foi de má conduta do comissário de bordo, que teria se comportado de forma agressiva dentro da cabine. Segundo eles, a aeromoça teria inventado a história de assédio para proteger o outro tripulante, que era seu amigo, para livrá-lo de ação disciplinar por parte da companhia.

A agência de aviação civil da Índia abriu um inquérito para esclarecer o incidente depois que a aeromoça registrou o caso numa delegacia.

“A companhia nem mesmo nos informou sobre esse incidente a tempo. Vamos convocar os tripulantes. Este incidente é chocante e podemos ser obrigados a tomar medidas exemplares”, disse um alto funcionário da agência.

Os quatro membros da tripulação do voo IC 884 foram suspensos enquanto durarem as investigações e a Air India avisou que vai tomar medidas disciplinares de acordo com o resultado de um inquérito da própria companhia. O comissário de bordo envolvido no incidente mais tarde negou que tivesse ocorrido troca de socos a bordo, apesar de ter admitido a discussão com os pilotos.

“Como há versões conflitantes entre os envolvidos, a administração ordenou a realização de um inquérito, que ainda está em andamento”, informou um porta-voz da Air India.”

Os conceitos de SMS, CRM são nulos nesse caso. Imagine o que não pensaram os passageiros desse vôo? E quem pilotou o avião durante a briga? ICAO e demais órgãos de normatização da aviação civil internacional deveriam prestar mais atenção em incidentes como este.

Aviões e Música

x-2: Dassault é privada e definirá se vai transferir tecnologia, diz Jobim


http://4.bp.blogspot.com/_dTibRPk7UfE/Sqf69OGeaOI/AAAAAAAAAWw/4bc-gJ5YfR8/s400/Rafale.jpg
Dassault é privada e definirá se vai transferir tecnologia, diz Jobim
Estratégia Nacional de Defesa prevê investimento de pelo menos 0,7% do PIB

Valor Online - Por Rafael Rosas - Via O Globo

A intenção do governo francês de realizar uma transferência irrestrita de tecnologia caso os caças Rafale sejam escolhidos pelo governo brasileiro para equipar a Força Aérea nacional não é garantia de que a Dassault, fabricante do equipamento, seguirá a determinação dada pelo presidente da França, Nicolas Sarkozy. O ministro da Defesa, Nelson Jobim, ressaltou que a companhia é privada e que o governo francês possui apenas ações preferenciais da empresa, sem direito a voto.

"Tem que saber se a Dassault, nas propostas que fez à Força Aérea, traz ou não (a transferência tecnológica). Eu creio que sim, mas vamos verificar", frisou Jobim, que participou da abertura da 10ª Convenção Nacional da Associação dos Diplomados da Escola Superior de Guerra (Adesg), no Rio.

O ministro ressaltou que a preferência demonstrada pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva pelos equipamentos franceses não significa que Lula tenha batido o martelo pelo Rafale. Segundo Jobim, a demonstração do presidente segue a ideia da parceria estratégica fechada entre os dois países, que culminará na construção e fornecimento do submarino nuclear para a Marinha do Brasil.

"Não dá para falar em tendência (de que o caça francês será escolhido). Temos uma afirmação do presidente Sarkozy, dirigida ao presidente Lula, de que a transferência de tecnologia é irrestrita. Temos que ver a transferência irrestrita na proposta que a Dassault fez", explicou Jobim, acrescentando que a transferência de tecnologia vai ser o ponto decisivo na escolha de um dos três aviões concorrentes. "A empresa que fabrica é privada, não é uma estatal", acrescentou.

Além da Dassault, com o Rafale, concorrem na licitação internacional a americana Boeing, com o F-18 E/F Super Hornet; e sueca Saab, com o Gripen NG. As propostas foram entregues à Força Aérea Brasileira na semana passada e a decisão, segundo Jobim, deve acontecer este ano.

O ministro disse ainda que o estudo com os custos de adoção da Estratégia Nacional de Defesa (END) deverá ficar pronto em até 60 dias.

"O cálculo ainda não foi feito, quero fazer uma programação de 20 anos. Mas fique certo de que não passa de 0,7% do PIB", revelou Jobim.
Blog do Vinna