PARA HOSPEDAGEM CLIQUE NA IMAGEM

PARA HOSPEDAGEM CLIQUE NA IMAGEM
PARA HOSPEDAGEM CLIQUE NA IMAGEM

sexta-feira, 13 de agosto de 2010

LAN compra TAM por US$ 3,8 bilhões

Acordo foi desenhado para atender legislação brasileira que restringe participação do capital estrangeiro.

O acordo anunciado nesta sexta-feira para combinação das operações entre TAM e LAN, as duas maiores companhias aéreas da América do Sul, foi desenhado de uma forma para atender a legislação, que restringe a participação estrangeira no setor aéreo brasileiro.

A família Amaro, fundadora da TAM, continuará controlando a empresa holding TAM Empreendimentos e Participações, que é dona da empresa operacional TAM S/A, que é listada em bolsa e dona dos aviões.

Foto: Reuters

LAN, do Chile: acordo com brasileira TAM para montar maior empresa aviação da América do Sul

“A estrutura societária atende a regulação de 80% de capital nacional e atenderá mesmo numa eventual mudança futura para 51%”, disse o presidente da TAM, Líbano Barroso, em conferência com os analistas na noite desta sexta-feira.

Desta forma, a operação respeitará a restrição do código aéreo nacional, que impede que os estrangeiros tenham mais de 20% de uma empresa aérea nacional, mesmo que esse limite seja elevado com a proposta hoje em tramitação no Congresso (a ideia é que chegue a 49%).

A transação é complexa. A holding da família Amaro terá uma participação no capital da LAN. Esta, por sua vez, absorverá os acionistas minoritários da empresa operacional TAM. Esse negócio ocorre depois de uma oferta pública que envolve a troca de ações. A estrutura societária desta empresa da família Amaro, que possui os direitos sobre as rotas e os aviões, entre outros, será mantida.

Mas, na prática, a transação representa uma compra da empresa brasileira pela companhia chilena, numa operação avaliada em US$ 3,8 bilhões (cerca de R$ 6,8 bilhões), que resultará na criação de uma nova companhia, chamada LATAM, que reunirá as atividades das duas empresas.

Os chilenos deverão ficar com a maior parcela das ações do capital da empresa aérea combinada. Os donos das duas empresas vão manter um acordo compartilhado de controle. As duas marcas vão ser mantidas.

Histórico

A TAM e a LAN iniciaram as primeiras conversas para uma eventual união de suas operações em 2006, segundo apurou o iG. Na época, as conversas não deram certo.

Os controladores não chegaram a um acordo sobre os valores para a troca mútua de ações. A família Amaro queria manter uma participação igualitária com os controladores da Lan.

Mas com a desvalorização das ações da TAM, em razão das dificuldades financeiras, os papéis da empresa brasileira tiveram queda – eles chegaram a ser cotados a quase R$ 74 em 2006. Na quinta-feira, véspera do anúncio do acordo, as ações eram cotadas a R$ 28.

ig

Funcionários da Gol entram em estado de greve

Funcionários da Gol entram em estado de greve. Foto: Divulgação.Os funcionários da companhia aérea Gol decidiram nesta sexta-feira entrar em estado de greve após reunião no Sindicato Nacional dos Aeronautas, em São Paulo. A intenção é pressionar a empresa a melhorar as condições de trabalho.

Os trabalhadores exigiram aumento de salários e melhoria da escala de trabalho, o principal motivo alegado pela companhia para os atrasos da semana passada, que podem lhe render uma multa de R$ 5,5 milhões aplicada pela Agência Nacional de Aviação Civil.

A reunião teve a presença de 180 funcionários, que chegaram a cogitar a chamada "operação tartaruga", que seria a redução do ritmo de atendimento aos clientes em terra e nas aeronaves, mas foi rejeitada em votação. Uma das propostas é o aumento de salários para comissários e copilotos, que tem defasagem em relação a pilotos, a fixação do salário em 54 horas de voo.

Segundo o diretor de segurança de voo do sindicato, Carlos Camacho, a decisão é um alerta à empresa de que se a negociação não for aceita, haverá greve.

No próximo dia 20, os funcionários, a empresa e o sindicato se reúnem numa audiência marcada com o Ministério Público do Trabalho. Se a opção for pela greve, a companhia fica obrigada a manter 30% dos voos em operação.

A principal reivindicação é quanto ao descumprimento do tempo máximo de trabalho de pilotos e comissários estipulado pela legislação. No início de agosto, voos da empresa atrasaram por falta de tripulantes. A companhia alegou problemas num software que calculava a escala dos funcionários.

- Não importa a justificativa, se foi ou não o software, a Gol tem que cumprir a lei - afirma Camacho.

De acordo com ele, a assembleia reuniu cerca de duzentas pessoas e foram pelo menos 180 assinaturas a favor do estado de greve.

A classe ainda reivindica reajuste salarial e pagamento de plano de saúde.

SRZD/TERRA MAGAZINE

EMB-110 Bandeirante da TABA

O Blog traz hoje uma imagem rara....A unica aeronave que restou da saudosa TABA nas cores da empresa. A mesma encontra-se ao relento no Aeroporto Julio Cesar em Belém.


Foto de : AirSpeed via planepictures.net
MANAUS SPOTTING

Vem aí a LATAM - TAM anuncia acordo para fusão com a chilena LAN


Acordo criará uma das maiores aéreas do mundo, diz TAM.
Marcas serão mantidas, segundo comunicado enviado à CVM.

saiba mais

A TAM, maior companhia aérea do país, anunciou nesta sexta-feira (13) acordo para a fusão de suas operações com a chilena LAN.

"As companhias aéreas do grupo oferecerão operações de passageiro e carga para mais de 115 destinos em 23 países, provendo transporte de carga em toda a América Latina e em boa parte do mundo. O grupo operará uma frota de mais de 220 aeronaves e terá mais de 40 mil funcionários. Em 2009, as empresas somaram mais de US$ 8,5 bilhões de receita, 45 milhões de passageiros transportados e 832.000 toneladas de carga. Latam estará entre os maiores grupos de companhias aéreas do mundo em termos de tamanho, lucratividade e alcance de mercado", afirmou a TAM em comunicado.
TAM anuciaram fusão nesta sexta-feira. (Foto: Editoria de Arte/G1)Marcas

A nova companhia vai levar o nome de Latam. As duas marcas, no entanto, devem ser mantidas. As sedes das empresas em Santiago e em São Paulo também serão mantidas.

Tamanho
A nova empresa deverá ser a 15ª maior do mundo em receitas, com US$ 9 bilhões registrados em 2009, segundo comunicado. Em número de passageiros, deverá ficar em 10º lugar, com 46 milhões de pessoas transportadas no ano passado.

Ações
Pelo acordo, a TAM deverá realizar uma oferta pública para comprar as ações em circulação da companhia, que devem deixar de ser negociadas na Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa). Os acionistas da TAM receberão ações de uma empresa holding que, por sua vez, será incorporada pela LAN.

Ao final do processo, a TAM deixará de ter papéis negociados tanto na bolsa brasileira quanto na de Nova York. A LAN, por sua vez, terá seus papéis listados nas bolsas brasileira, chilena e de Nova York. A operação depende da adesão de acionistas que representem, no mínimo, 95% do capital total da TAM.

Controle
A operação prevê ainda que os acionistas controladores da LAN manterão o controle da empresa chilena, enquanto os controladores da TAM manterão o controle da brasileira, mantendo 80% do capital votante da companhia, além de uma participação na LAN.
Executivos da TAM e da LAN (Foto: Divulgação)

Aprovações
A conclusão do negócio depende da aprovação da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) e dos órgãos brasileiros de defesa da concorrência, segundo comunicado da TAM.

Até as 18h05 desta sexta-feira, a Anac disse que não havia sido comunicada oficialmente sobre a operação. A agência deverá se pronunciar sobre o assunto após ser notificada o que, provavelmente, não ocorrerá nesta sexta, conforme afirmou a Anac.

Passageiros
Segundo a TAM, os passageiros devem se beneficiar com maior número de vôos, destinos e conexões. "A união das empresas permitiria vôos numa mesma companhia não importa o destino. Membros do programa de fidelidade poderiam acumular e resgatar milhas em número muito maior de vôos e de parceiros", diz a TAM.

Programas de fidelidade
Os programas de fidelidade das companhias – Fidelidade e LANPASS serão unificados. Ao final de 2009, os programas das duas companhias tinham, combinados, cerca de 11 milhões de associados.

Benefícios para as empresas
De acordo com a TAM, a união das companhias deve gerar sinergias (economias) anuais de cerca de US$ 400 milhões. Grande parte desse valor deve vir do alinhamento das malhas de passageiros, crescimento da malha de transporte de carga (no Brasil e internacionalmente), e redução de custo.

"A organização espera implementar aproximadamente um terço de todas as sinergias em um ano a partir da conclusão da transação e terminar de implementar todas as sinergias ao final do terceiro ano", diz a TAM.

Administração
A administração da nova empresa deverá ser realizada de forma compartilhada pelos acionistas controladores. Mauricio Rolim Amaro, atual vice-presidente do Conselho de Administracao da TAM, será o presidente do Conselho de Administracao da Latam. Enrique Cueto, atual vice-presidente da LAN, sera o CEO/vice presidente executivo da Latam.

As duas empresas deverão manter as atuais estruturas de administração: Maria Claudia Amaro continuará no cargo de presidente do Conselho de Administracao da TAM; Marco Bologna permanecera no cargo de diretor-presidente da TAM e Libano Miranda Barroso seguirá como diretor presidente da Tam Linhas Aereas S.A. Por sua vez, Ignacio Cueto seguira como gerente geral da Lan.

Palavra das empresas
Procurada pelo G1, a chilena LAN, em comunicado, confirmou a operação, afirmando que as duas companhias assinaram um memorando de entendimento não vinculante no qual acordam prosseguir com a intenção de associar suas empresas em uma mesma matriz. Dessa forma, seria criado um novo grupo lationamericano de companhias aereas que ofereceria a seus passageiros e clientes de carga novos serviços na região e entre a América Latina e o resto do mundo.

“A consolidação das nossas forças e malhas complementares trará grandes benefícios para os nossos clientes, funcionários, acionistas e para a América Latina. Juntas, LAN e TAM oferecerão novos destinos para onde nenhuma das companhias poderia voar individualmente. Isto nos posicionará para competir com as companhias aéreas estrangeiras que continuam aumentando suas participações na região, além de nos permitir criar mais empregos em nossos países de origem", afirmou, em nota, Marco Bologna, CEO da TAM.

O que dizem os analistas
Para o analista Felipe Queiroz, da Austin, a fusão reflete uma tendência global do mercado de aviação, que têm unido empresas para juntar forças e recuperar as perdas registradas na crise financeira, como fizeram em maio a United e a Continental Airlines.

Na avaliação de Queiroz, a TAM deve buscar crescimento internacional com o negócio, mas também vê aspectos positivos para o consumidor brasileiro no longo prazo, já que a companhia .ganha mais fôlego financeiro para atender à demanda crescente do mercado de aviação local.

“O mercado brasileiro está começando a ficar mais competitivo, de olho nos novos clientes da classe C, e D. Estratégias como a venda de passagens em grandes varejistas são importantes para conquistar esse nicho, que se tornou essencial. Esse negócio vai ajudar nesse sentido”.

Para os próximos anos, a expectativa para o setor é de crescimento devido, entre outros
fatores, aos eventos que ocorrerão no país, principalmente, Copa do Mundo e Olimpíadas.
Cabe ressaltar que, como a perspectiva é que o volume de passageiros do setor aéreo
aumente nos próximos anos, o volume de investimentos deve aumentar concomitantemente, avalia Queiroz.
jornalistaantonioribeiro

Controladores aéreos espanhóis e autoridade chegam a acordo de princípio

Porta-voz dos controladores dos aeroportos afirma que não irá acontecer greve nem em Agosto nem "mais tarde".

E depois da desconvocação da greve vem o acordo de princípio dos controladores aéreos espanhóis com a autoridade aeroportuária.

As posições já estão mais próximas e apenas resta um ponto de discussão. O acordo deve ser assinado hoje pelas 17h.

Segundo o “El País”, o porta-voz dos trabalhadores afirmou que a paralisação não irá mesmo acontecer: “não haverá greve nem em Agosto nem mais tarde”. O ponto a acertar são as horas de actividade que, de acordo com o “El Mundo”, passará a contemplar quatro dias de descanso por três de trabalho.

O salário já está acordado e será ajustado ao número de horas que cada trabalhador faz nos aeroportos, dependendo do tráfego aéreo, sejam 1.400, 1.500 ou as 1.670 que a lei define. No entanto, Cabo espera que até 2014 se altere a forma de gestão com a privatização das torres e a formação de novos controladores.

jornal de negócios

SAIA DE BAIXO! Carta de uma esposa de piloto.


SAIA DE BAIXO!

Ser mulher de um piloto profissional é antes de tudo, ser uma especialista em extraterrestres.
Toda mulher que casa com um aeronauta entra para a aviação. Não tem como fugir, ou ela aprende a falar a linguagem dos tripulantes ou torna-se a burrinha da história.
Considerados turistas bem remunerados, os aeronautas hospedam-se em hotéis cinco estrelas, conhecem os melhores restaurantes e criam hábitos sofisticados, independentemente de suas vontades.
À força de perambular por aeroportos nacionais e internacionais, conviver com outros povos e outras línguas, conhecer hábitos, artes, artimanhas, e todos eles com etceteras,suas cabeças são bombardeadas a cada vôo com novos e irregulares conhecimentos.
Daí,quando eles atravessam o salão de um aeroporto com seus uniformes, que a maioria detesta, impecáveis e com aquele ar de quem vive num mundo inconsútil e sabe das coisas, trazem consigo uma aura de grande romantismo e charme; eles podem ser até barrigudinhos e feios, o charme é inevitável.
São assediados e incentivados a ter aventuras amorosas, como qualquer marinheiro. Isso não quer dizer que todo tripulante seja amante da comissária. Há exceções, não mais que o médico com a enfermeira ou o chefe com a secretária.
De um modo geral, são ligadíssimos a suas famílias, que são seu lado terráqueo. Suas mulheres convivem com este risco, assim como convivem com o risco de verem um programa de televisão ser interrompido para darem a notícia de que "acaba de cair um avião, assim, assim, voltaremos em instantes com maiores detalhes."
Um dia, ao ouvir uma notícia destas, uma amiga casada com um comandante ligou horários e possibilidades e desesperou-se. Ligou para a companhia sem se identificar, pedindo mais informações sobre o acidente. Quem atendeu, tentando acalmá-la, disse:
- Minha senhora, não se preocupe, era só um vôo de treinamento. Morreram só os tripulantes.
Claro que eu não vou escrever o que ela disse ao informante.
Quando um piloto morre em vôo é porque alguma coisa o traiu. A máquina, a natureza a percepção. Todo piloto morto voando, morreu à traição. Por isso, dói de forma diferente em todos os outros, sentir o companheiro traído - às vezes por tão pouco, apenas uma fração de qualquer coisa. Então, sufoca e deprime inquieta e magoa ter toda a vastidão e depender de milésimos e milímetros.
Daí talvez aquele algo diferente existente neles.
Quando eles chegam de um vôo, trazem nos sapatos a poeira do mundo, nos cabelos o pó das estrelas e nos olhos um cansaço cósmico.
Penalizados pelo diferencial de pressão atmosférica e pelo fuso horário, sentem-se exaustos de imensidão. Incompatibilizados com fronteiras, levam horas para adaptar-se ao micro dia-a-dia. Metade gente, metade ficção não podem, ao chegar de um vôo, ser recebidos de maneira prosaica.
Jamais os receba assim:
- O Jr. vai perder o ano!
-Roubaram aquele relógio que foi do seu pai!
-Hoje é dia 15 e o dinheiro já zerou!
De difícil convívio, fortes candidatos a neuroses e depressões, já saem do avião defasados de realidade. Mas esta realidade só pode ser ministrada em doses homeopáticas, sem o que, eles estuporam. Contudo, não há motivo para desesperar-se. Dentro daquelas inconfundíveis maletas que eles usam você encontrará toques de carinho. Uma revista italiana, um bombom suíço, um perfume francês ou uma escultura nigeriana.
Também poderá ouvir frases assim:
- Estava com tantas saudades e tanta pressa em chegar que larguei todas as porteiras do céu abertas.
Outra coisa que também os mantém profissionalmente de rédea curta: os exames periódicos. Qualquer profissional, por mais importante e sofisticada que seja sua área, forma-se, faz mestrado, cursos, mas nunca outro vestibular eliminatório.
Com o tripulante é diferente. Até os 40 anos, ele tem uma espécie de vestibular anual, depois desta idade passa a ser semestral. Lá vão eles para os rigorosos e altamente sofisticados exames físico, psíquico e técnico. Todos são eliminatórios. É mais uma dura realidade deste duro mundo aviatório.
Cortados de vôo se não preencherem 100% de cada requisito, eles têm uma segunda chance se, dentro de um rígido prazo estipulado pelo setor em que foram eliminados, conseguirem recompor-se integralmente.
Naturalmente, os leitores estão pensando:
-Mas é claro! A vida de muita gente depende das mãos e da cabeça destes senhores!
É, tudo bem!Então por que a sociedade é tão condescendente com os senhores médicos, senadores, deputados, vereadores e o até com o PRESIDENTE?
Por que nenhum candidato precisa fazer exame nenhum? Para fazer e acontecer com a vida e o dinheiro, não de alguns como os senhores passageiros, mas de todo cidadão, indefeso nas mãos deles. Por isso vemos o mundo nas mãos de incompetentes. Com raríssimas e honrosas exceções. Pensem nisso.
Então, de repente, os tripulantes têm que fazer greve para sobreviver decentemente.
Um tripulante em greve por melhores salários é uma coisa tão absurda como se os aviões entrassem em greve por uma melhor manutenção.
Para a segurança de vôo, nem tripulante e nem avião, podem ser mantidos com o mais ou menos; a sofisticação técnica e profissional só se mantém com o melhor. Cada dia mais.
Assim, se eu estiver viajando numa companhia, na qual os aeronautas estejam fazendo “operação tartaruga", peço licença ao senhor comandante pego o microfone e digo:
- Senhores passageiros, por favor, desapertem os cintos saiam devagar, desçam a escada e corram. Procurem outra companhia, porque esta está economizando em cima de sua segurança.
E você aí, que de avião só sabe quando olha para cima, saia de baixo...

TEXTO ESCRITO POR UMA ESPOSA DE COMANDANTE.
jeffersonws



IRAN AIR SOFRE RESTRIÇÕES



A companhia Iran Air está sofrendo restrições pela Comissão Européia depois que os governos dos países do Velho Mundo decidiram impor medidas restritivas às autoridades do país.

Pelas novas regras dois terços da frota da empresa não mais podem viajar para destinos na Europa. São aviões dos tipos Airbus A320, Boeing B.747 e Boeing B.727.

Agora apenas são autorizados a voar para a Europa os aviões da Iran Air dos modelos Airbus A300 e A310.

A decisão veio depois da recente visita às oficinas da Iran Air de um grupo de especialistas da Eruropean Aviation Safety Agency.
Aerobussiness

Philippine Airlines considera processar pilotos


A Philippine Airlines pode interpor acções judiciais contra os 26 pilotos que , de repente, deixaram seus empregos para assumirem trabalhos no exterior com salários mais elevados.

A companhia aérea afirmou que os pilotos não deram tempo suficiente a empresa ,pois a informação foi dada juntamente com as cartas de demissão.

A PAL disse que a ação dos pilotos causou perturbações diversas e custos para a empresa.
Muitos passageiros de vôos domésticos da PAL tiveram seus voos cancelados em diversos aeroportos das Filipinas, por falta de tripulação.

Segundo a PAL as perturbações se arrastaram por quatro dias.
bignews

Avião publicitário faz pouso de emergência em estrada movimentada na Flórida


Um pequeno avião fez um pouso de emergência em uma movimentada estrada do condado de Pinellas , Flórida, na tarde desta quinta-feira.

Ninguém ficou ferido, mas o avião, um monolugar , Piper Pawnee, derrubou algumas linhas de energia nas proximidades, um carro e uma árvore.

De acordo com St. Pete Rescue Fire, o avião estava retornando da praia, quando um dos seus motores falhou.

O piloto largou o banner de publicidade e pousou.

O piloto escapou do acidente sem ferimentos, ningém se feriu.


Bay News 9

Slater quer seu emprego de volta na JetBlue



Apesar de sua saída dramática no slide , para abaixo de um avião da JetBlue , Steven Slater, o assistente de vôo da JetBlue, quer seu emprego de volta.

Bem, isto é, segundo a informação de seus advogados aos jornalistas na quinta-feira
em Nova York.

"Essa é sua vida," disse o advogado de defesa de Slater

"Seu pai era piloto e sua mãe era uma aeromoça. Isso está em seu sangue.

Isso é o que ele gosta de fazer ", continuou Turman, enquanto falava com a imprensa do lado de fora da casa de Slater no Queens, NY.

Segundo o advogado de Slater, a aeromoça que fogem tem esperanças de voltar para o negócio da aviação. Slater foi retratado como sendo um trabalhador, que gostaria de continuar a trabalhar para a JetBlue.

A JetBlue, por outro lado, não quer o retorno do comissário a empresa após o dramático incidente de nível internacional.

ap

TAM traz ao Brasil o Citation CJ4 da Cessna

A LABACE 2010 começou com muitas novidades. A TAM Aviação Executiva trouxe à exposição o novo jato Cessna que a empresa passa a comercializar.

PORTAL MEIO AÉREO

Segurança dos pilotos do Rally dos Sertões é garantida por dois aviões

Rally dos Sertões Claudio Ambiel Pelicano avião
Pelicano cuida da segurança do Rally dos Sertões
(Foto: Rafael Lopes / Globoesporte.com)

A disputa entre os carros, motos, caminhões e quadriciclos é realizada nas apertadas trilhas do Rally dos Sertões, mas a segurança é assegurada um pouco mais acima. Um avião, comandado por Cláudio Ambiel, o "Pelicano", monitora o trajeto e cuida para que a prova transcorra sem riscos para os competidores.

"Pelicano" está em seu 12º ano nesta função no Rally dos Sertões. Ele pilota um pequeno Cessna 172RG ao lado de um profissional que monitora a comunicação por rádio da organização da prova. Além dele, a operação aérea da competição tem um Glastar pilotado por Marcos Moraes, organizador do rali.

- Cada aeronave tem um espaço aéreo para que todos os trechos de cada especial esteja coberto pela equipe. Já conhecia o Marcos (Moraes) e me convidei para participar do rali voando. Em 2000, levei um fotógrafo para fazer as imagens aéreas da prova. A partir de 2001 comecei a fazer a função de ajudar na parte de segurança e de resgate da equipe médica - diz Pelicano.

A preocupação de quem integra a equipe aérea é a segurança. Não só de pilotos e navegadores, mas também das equipes de apoio e da organização.

- Temos de estar atentos a tudo o que rola na prova. Ajudamos às equipes em caso de quebra ou acidente a localizar o ponto exato onde aconteceu o incidente para então encontrarmos os médicos mais próximos para prestar o socorro. Após a avaliação, caso seja necessário, acionamos o helicóptero para fazer o resgate dos competidores acidentados e o deslocamento até o hospital mais próximo para o melhor atendimento. Resumindo, nossa função é ajudar para que o socorro seja feito da melhor e mais rápida forma possível.

Rally dos Sertões vista Avião
Vista do piloto do avião durante a viagem que acompanha o Rally (Foto: Rafael Lopes / Globoesporte.com)

O Diário da Morte de Milton Terra Verdi

Em um já distante agosto de 1960, o piloto Milton Terra Verdi pousava em emergência numa clareira na selva bolliviana. Sem socorro, sem água e sem comida, Terra Verdi passou 70 dias escrevendo um diário, que terminaria pouco tempo antes da sua morte. O diário virou um livro, o "Diário da Morte".


Poucos livros são tão dramáticos. É comparável ao antológico "Diário de Anne Frank". O texto abaixo foi extraído, na íntegra, do interessante blog "Coisas para se pensar", de autoria de Chang Tsai. No mês em que se completam 50 anos do pouso forçado do Cessna 140 de Milton Terra Verdi na inóspita selva boliviana, e que terminaria com a sua morte por inanição, é preciso repensar certos valores e crenças.

A aeronave de Terra Verdi foi recuperada pela Fundação EducTam, com autorização da família, da clareira na qual pousou na Bolívia, em 1960, e exposta no Museu da TAM, em um dramático diorama, que reproduz exatamente as condições nas quais foi encontrada quase cinco décadas depois.

Eis o texto de Chang Tsai:

Num mundo em que vivemos onde muitos ostentam sem necessidade e são ingratos, eu recomendo a leitura do livro O Diário da Morte de Milton Terra Verdi. Ele e o cunhado, Antônio Augusto Gonçalves, tiveram que fazer um pouso forçado do Cessna 140 em que viajavam no meio da selva boliviana, entre Corumbá e Santa Cruz de La Sierra por falta de combustível.


O registro começa no dia do pouso forçado, em 29 de agosto de 1960. De acordo com o relato de Milton, seu cunhado morreu de inanição mais de uma semana depois. Verdi esperava por um socorro que nunca chegou a tempo.

Foram 70 dias de angústia, tendo que conviver com a decomposição do corpo de Antônio. Só podia contar com a água da chuva que vinha de vez em quando.
Foram feitas tentativas de se embrenhar na mata fechada, porém em vão. Com fome e sede constantes e mesmo assim ainda conseguia escrever usando mapas e documentos para se manter lúcido. À medida que o tempo ia passando e o socorro não chegava, a solidão e o desespero tomavam conta.

No 65º dia, ele escreve sobre como o sofrimento muda a nossa forma de pensar, pedindo a Deus por nova oportunidade de ser bom pai, bom filho e bom marido. Do outro lado, o pai de Milton tentava vencer a burocracia e conseguir ajuda por parte dos órgãos responsáveis pela aviação brasileira. Os bolivianos foram muito mais solícitos no pedido de ajuda. Se a aviação brasileira é um caos nos tempos atuais, imagine como era há 50 anos atrás! Infelizmente, o socorro chegou apenas no dia 24 de dezembro daquele ano, mais de um mês depois de Milton falecer, também de inanição.

A seguir, trecho do diário escrito no 9º dia e trecho de uma carta escrita à sua esposa:

"Como se acabam as ilusões de um homem. Hoje para mim, um litro d'água que é a coisa mais barata que nós temos, vale mais que todo o dinheiro do mundo e um prato de arroz com feijão não tem dinheiro que pague. Se Deus nos der nova chance, temos planos de ser os homens mais humildes do mundo, querendo apenas ter nossa comida, água em abundância e o carinho das esposas, filhos e familiares".

"Minha querida esposa e dedicada mãe de meus filhos, primeiramente, peço que me perdoe pelos maus momentos que te fiz passar, vejo agora que tudo não passa de ilusão, o que vale mais no mundo é a água, a comida de todo dia e o carinho da nossa querida esposa e filhos. Saiba que você foi o único amor da minha vida, não duvides porque é um moribundo quem está falando. Nunca deixes ninguém passar sede, pois é a pior coisa do mundo".

Eu também prefiro um estilo de vida simples, sem muito luxo, cuidando da saúde física e mental para durar muitos anos. Pergunte a um desempregado o que é importante para ele. Pergunte a um doente crônico o que é importante para ele. Pergunte a um solitário o que é importante para ele. As pessoas que se apegam muito a coisas e são ingratas com tudo em sua volta, estas não quero perto de mim por muito tempo. Já vi e convivi com muitos deste tipo na escola e na universidade. Com a certeza de que não acrescentam em nada na minha vida.


Autor: Chang Tsai, blog "Coisas para se pensar"
(http://outsidethebox2006.blogspot.com/)

CULTURA AERONÁUTICA

Gol é companhia aérea com maior aumento de vendas no semestre,


A Gol é a empresa aérea com maior crescimento de vendas no primeiro semestre de 2010, na comparação com igual intervalo de 2009, entre as empresas de transporte aéreo regular de capital aberto dos Estados Unidos e América Latina, segundo levantamento realizado pela Economática.

A companhia registrou aumento de 24,2% nas vendas em dólares no período, totalizando US$ 1,843 bilhão.

O segundo lugar é ocupado pela norte-americana UAL Corp, com crescimento de 22% nas vendas na mesma base de comparação, seguida pela Southwest, também dos Estados Unidos, com alta de 16,6%. A TAM é a quarta empresa com maior crescimento de vendas entre as onze estudadas, com evolução 14,4%.

A análise destaca, no entanto, que o bom desempenho das vendas das empresas brasileiras fica ofuscado quando se analisa o lucro do primeiro semestre de 2010. As duas empresas apresentam prejuízos acumulados, sendo a Gol linhas Aéreas com US$ 15,5 milhões e a TAM com US$ 117,7 milhões. A Economática lembra que, em 2009, a TAM era a empresa mais lucrativa entre as estudadas, com resultado positivo de US$ 435,8 milhões, ante US$ 202,4 milhões da Gol.

Nominalmente, a empresa mais lucrativa no primeiro semestre de 2010 foi a US Airways, com US$ 235 milhões e crescimento de 13,8% nas vendas no primeiro semestre de 2010, na comparação com 2009.

Para a analise das empresas do Brasil e Chile, a Economática utilizou os dados publicados por elas nos seus respectivos órgãos reguladores e os dividiu pelo dólar do dia 30 de junho de 2009 e 2010 respectivamente.

estadão

Aviões ‘jumbo’ regressam aos céus - rumo ao ndeserto


Com os passageiros a regressarem aos aviões, estão também a regressar aos céus

os ‘jumbos’ – aviões que transportam mais de 350 passageiros – que durante o último ano e meio permaneceram estacionados um pouco por todo o mundo.

Companhias como a British Airways (BA), United Airlines e Cathay Pacific estão a ir ao deserto de Mojave, na Califórnia, onde muitos destes aviões ficaram parados para os repor em circulação.

A BA por exemplo terá a partir de Outubro mais um 747-400 em circulação, reforçando as ligações com Dallas e Nova Iorque. Uma medida justificada pelo crescimento de passageiros que em Junho, últimos dados conhecidos, subiu 12% segundo a IATA.

economico

Embraer é destaque na categoria Veículos e Indústria de Transporte



A Embraer é o destaque na categoria Veículos e Indústria de Transporte da edição As Melhores da Dinheiro 2010. O faturamento da empresa fechou 2009 em US$ 5,5 bilhões, uma queda de 8%.

Apesar de a sua receita encolher, trata-se de um resultado surpreendente para uma corporação ancorada no mercado internacional e que viu muitas companhias aéreas – as potenciais compradoras – chegarem perto da falência.

“A crise nos pegou no contrapé porque estávamos no melhor momento da história. Hoje, olhando para tudo o que aconteceu, percebemos que estamos ainda mais fortalecidos”, diz Frederico Curado, presidente da empresa.

Segundo dados da Associação Internacional de Transporte Aéreo (Iata), no primeiro semestre de 2010 houve uma forte recuperação no tráfego aéreo mundial e a tendência de alta deve se manter nos próximos meses. Mais passageiros significam mais voos, que representam mais encomendas para a Embraer.
isto é dinheiro

Gol apresenta 95% dos voos no horário, segundo Infraero


A Gol informa, através de um comunicado oficial, que suas operações seguem com bons índices de pontualidade e regularidade nesta manhã (13/08).
Segundo boletim divulgado pela Infraero, 95% dos voos 317 programados pela companhia entre meia-noite e meio-dia de hoje decolaram dentro do horário previsto. No momento, há três operações com atraso superior a 15 minutos. Para elas, o tempo de espera tem sido, em média, de 30 minutos.
mercado e eventos

'Ticket Window' - Agora você pode reservar voos no Facebook.



A norte-americana Delta Airlines lançou ontem o 'Ticket Window', aplicativo que permite reservar e comprar passagens aéreas sem sair do Facebook.

Na página da companhia na rede social, os usuários podem pesquisar voos, fazer as reservas e aproveitar pra compartilhar os planos de viagem com os amigos.

Em algumas cidades, os passageiros poderão usar o app como cartao de embarque.

Segundo a Delta, o Facebook é o site mais acessado pelos usuários de WiFi em seus mais de 2 mil voos diários. Por enquanto, o Ticket Window é exclusivo para usuários dos EUA.
bluebus

Abaixo-assinado de 12 mil pede que voo Tóquio-São Paulo seja mantido


Tóquio, 13 ago (EFE).- Uma associação nipo-brasileira entregou nesta sexta-feira ao Governo japonês as assinaturas de 12 mil pessoas para pedir que não seja cancelado o voo da companhia aérea Japan Airlines (JAL) que liga Tóquio a São Paulo, previsto para deixar de existir no dia 30 de setembro.

Kokei Uehara, representante da Comunidade Japonesa no Brasil, entregou as assinaturas a Taizo Mikazuki, vice-ministro de Terra, Infraestruturas, Transporte e Turismo do Japão, segundo a agência local "Kyodo".

Cerca de 9 mil signatários são pessoas que vivem no Brasil e no Paraguai, a maioria deles descendentes de japoneses, enquanto os demais residem no Japão.

A JAL, que pediu falência em janeiro e vive um plano de corte de gastos, indicou em abril que uma da rotas internacionais que será eliminada será a que une Tóquio a São Paulo.

A associação presidida por Uehara alega que a rota, criada em 1978, é o único voo direto entre Japão e Brasil, e que tanto os brasileiros residentes no Japão quanto os descendentes de japoneses que vivem no Brasil estão decepcionados com o fim do voo, já que pode romper um vínculo vital entre os dois países.

A maior comunidade nikkei (imigrantes japoneses) do mundo, com mais de um 1,5 milhão de pessoas, está no Brasil, enquanto os brasileiros do Japão representam a terceira maior comunidade estrangeira no país, após chineses e coreanos.

A JAL, primeira companhia aérea do Japão, vai extinguir 45 rotas a partir deste ano, 30 delas domésticas e 15 internacionais, incluindo as que unem Tóquio com São Paulo, Cidade do México, Amsterdã e Milão.

Com o fim da rota Tóquio-São Paulo da JAL, a alternativa será um novo voo da All Nippon Airways (ANA), segunda companhia aérea japonesa, que a partir de setembro operará com a TAM uma rota para São Paulo com escala em Londres.

epa

Companhia aérea chinesa Shenzhen Airlines comprará 10 aviões Airbus


A Shenzhen Airlines, subsidiária da Air China, maior companhia aérea do país asiático, assinou um acordo com a Airbus na quarta-feira para comprar 10 jatos Airbus A-320.

Os novos aviões serão entregues em 2012 e 2013, informou a Shenzhen Airlines em um comunicado, acrescentando que se espera que os novos aviões melhorem a estrutura da capitânia e devem reduzir os custos de manutenção.

A Shenzhen Airlines tem atualmente 38 jatos Airbus de um total de 109 aviões. Até o final de 2013 a frota de Airbus vai aumentar para 64 se os jatos que forem encomendados, incluindo 16 A-320 para a segunda metade de 2010 e 2011, chegarem a tempo.

A companhia informou que o objetivo é expandir sua frota de jatos para 180 até o final de 2015. Espera-se que até lá os lucros atinjam 30 bilhões de yuans (US$ 4,41 bilhões).

crj online

Copa Airlines completa DEZ anos no Brasil



Em dez anos de Brasil, as operações da Copa Airlines não param de crescer. Quando a companhia aterrissou no País, em julho de 2000, eram apenas três voos semanais. Hoje são 33 ligações com frequências saindo de São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Manaus.

A evolução do número de voos acompanha a demanda de passageiros. Em 2004, a empresa passou a oferecer frequências diárias, possibilitando voar com rapidez para praticamente toda a América Latina e Estados Unidos. Em janeiro de 2005, a Copa Airlines implantou um segundo horário diário - o voo matutino - para saída e chegada ao Brasil, totalizando 10 frequências por semana, sendo sete vespertinas. Em junho do mesmo ano, a rota passou a ter 14 ligações semanais.

No ano seguinte, mais duas capitais passaram a fazer parte da lista de rotas da Copa Airlines, com o início das operações em Manaus e no Rio de Janeiro. Com as quatro frequências semanais a partir da capital amazonense, tornou-se a primeira empresa aérea a manter voos comerciais internacionais regulares com um avião brasileiro - o Embraer 190AR. Já do Aeroporto Internacional Tom Jobim (RJ) sai diariamente um voo com destino à Cidade do Panamá, com uso dos modernos Boeing 737-700 Next Generation.

“Os voos tiveram boa aceitação desde o princípio, com taxas de ocupação que superavam as expectativas iniciais. Acreditamos muito no Brasil que é, sem dúvida, um mercado com grande potencial e um dos mais estratégicos para a Copa Airlines. A economia do País demonstra pleno vigor e o fluxo de viagens de brasileiros ao Exterior segue em alta”, afirma o gerente-geral para o Brasil, Marcos Calixto.

Em agosto de 2009, foi a vez de Belo Horizonte ganhar voos da Copa Airlines. As quatro frequências semanais, com destino à Cidade do Panamá, partem do Aeroporto Tancredo Neves, na capital mineira. Recentemente a companhia panamenha passou a operar o terceiro voo diário saindo de São Paulo totalizando 21 frequências semanais da capital paulista.

Além de incrementar o intercâmbio turístico, as operações da Copa Airlines prestaram sua contribuição à balança comercial. Só entre Brasil e Panamá, o total de exportações e importações saltou de US$ 98,13 milhões para US$ 220,59 milhões em dez anos, com pico de US$ 416,28 milhões em 2008. O índice de crescimento atingiu 124%, contra 93% da década anterior.

brasilturis

American Airlines lança voo diário directo entre NY/JFK e Rio de Janeiro em Novembro


A companhia aérea norte-americana American Airlines anunciou que vai lançar 15 novas destinos à partida do aeroporto internacionais de JFK e de La Guardia, em Nova Iorque, entre as quais a ligação diária Nova Iorque/JFK-Rio de Janeiro a partir de Novembro.

A transportadora anunciou esta semana que irá voar directamente para o Rio de Janeiro a partir de meados de Novembro tornando-se na única empresa com um serviço diário directo para aquela cidade brasileira.

presstur

Trip em Resende


VOOS REGULARES

Antes mesmo da sua abertura oficial, a Feconstrusul foi o local escolhido pela Trip Linhas Aéreas para anunciar que terá linhas em Resende. A empresa aérea doméstica que opera com voos regulares em 79 localidades terá linha operacional a partir do Aeroporto Municipal de Resende, podendo explorar dezenas de rotas – ainda não definidas.

Sem data prevista para o início das atividades, que dependem da adequação do aeroporto sobre os procedimentos de segurança e sinalização, a empresa deve utilizar aeronaves de médio porte turbo-hélices, de alto desempenho, modelo ATR-72. “A Trip escolheu Resende acompanhando o desenvolvimento regional do interior. Passados os processos de adequação necessário ao aeroporto, definiremos linhas, horários, rotas e valores de tarifas.
A Trip veio para ficar, mas o momento é de superar exigências e desafios que sabemos que o município e o Governo do Estado vão realizar em breve”, disse Victor Rafael Resende Celestino, gerente operacional da Trip. Fundada em 1998, a Trip Linhas Aéreas é a maior empresa regional da América do Sul, contando com 35 aeronaves atualmente. Opera com jatos Embraer 175 e turbo-hélices ATR-72 e ATR-42. A empresa, que está presente em 21 estados e no Distrito Federal, possui base operacional em Belo Horizonte (MG) e sede administrativa em Campinas (SP).

Uma das exigências da Agência Nacional de Viação Civil (Anac) para liberar o aeroporto para os voos regulares é que o local conte com balizamento noturno e seção contra incêndio com viatura própria, por exemplo. “São projetados cerca de R$ 350 mil para a construção de uma seção de combate a incêndio no Aeroporto de Resende, além de outros R$ 300 mil para aquisição de uma viatura para este serviço dentro do plano de emergência exigido pela Aeronáutica”, comenta o subsecretário de Transporte, Delmo Pinho, que garantiu que todos os procedimentos para liberação do aeroporto estão sendo providenciados.
“Já estivemos reunidos com a direção da Anac e o município foi beneficiado com o Programa Federal de Auxílio aos Aeroportos, com 70% dos recursos para obras no setor de aviação civil”, finaliza.
a voz da cidade

TAM sai de lucro para prejuízo líquido de R$ 154 milhões


SÃO PAULO - A TAM Linhas Aéreas registrou no segundo trimestre um prejuízo líquido de R$ 154,1 milhões, revertendo, assim, o lucro líquido de R$ 555,1 milhões que havia contabilizado em período correspondente de 2009. A perda foi provocada por despesas financeiras de R$ 154 milhões entre abril e junho deste ano, contra uma receita de R$ 972,7 milhões nesta rubrica um ano antes.

Porém, o Ebitdar, que é a geração de caixa Ebitda antes das despesas com arrendamento de aeronaves, atingiu R$ 289,3 milhões, com 75,6% de alta sobre o contabilizado no segundo trimestre de 2009. Neste período, a margem Ebitdar passou de 7,3% para 11,1%.

A geração de caixa Ebitda pulou de R$ 28,6 milhões para R$ 168,1 milhões, acréscimo de 488,3%, tendo a margem subido de 1,3% para 6,4% entre os trimestres. Já a receita líquida, de R$ 2,611 bilhões, indicou 15,1% de elevação.
estadão

Polícia recupera 40 notebooks furtados

Crime ocorreu em empresa instalada no aeroporto, onde dois suspeitos de roubar os aparelhos trabalhavam. Receptador e vendedor das máquinas é preso


Conforme polícia, irmãos abriram depósito da empresa, retiraram computadores e já repassaram ao receptador
ADILSON ROSA
Da Reportagem

Policiais da Delegacia de Repressão a Roubos e Furtos (Derrf) de Várzea Grande recuperaram 40 notebooks que foram furtados do depósito da empresa Gollog – empresa que transporta carga e pertence a Gol Linhas Aéreas -, que funciona no Aeroporto Marechal Rondon, em Várzea Grande. Nove pessoas foram indiciadas - sendo duas por furto e sete por receptação.

Os equipamentos foram localizados em nove locais diferentes - são empresas que compraram os notebooks com preço abaixo do mercado. Os responsáveis pelo furto são dois irmãos, funcionários da empresa.

Segundo o delegado Gianmarco Pacolla, responsável pelas investigações, os irmãos se aproveitaram do fato de terem as chaves do depósito para praticar o furto. Pegaram os computadores portáteis que estavam em oito caixas e colocaram numa picape onde um receptador os aguardava. Esse receptador ficou encarregado de repassar os notebooks para empresas, que compraram pagando um preço abaixo do mercado.

O furto ocorreu no dia 27 de julho, num esquema em que os computadores - cujo preço da nota fiscal é de R$ 1.400 - foram vendidos por R$ 1.200, mas o preço de mercado gira em torno de R$ 1.800. “Os dois responsáveis pelo furto serão indiciados por crime de furto qualificado, pois houve abuso de confiança”, explicou o delegado.

Anteontem, os policiais localizaram o principal receptador que indicou os locais para onde revendeu os notebooks. Em alguns casos, a empresa havia revendido para clientes que foram obrigados a devolvê-los. “Estivemos em nove locais diferentes em Várzea Grande”, completou o delegado.

Conforme as investigações, o esquema foi tão bem montado que até o preço cobrado sequer chamou a atenção, pois era próximo de promoções realizadas por grandes lojas. “Essa foi a alegação de muita gente que adquiriu os computadores, mas não apresentaram a nota fiscal. Então, tinham que desconfiar que se tratava de produto irregular”, lembrou um policial.

A chefe de operações, policial civil Nice Alegria, destacou que esse tipo de furto em que aparecem poucas pistas, tem sempre um funcionário envolvido, mas nem sempre de forma direta.

“Em alguns casos, repassaram informações para as quadrilhas que agem com informações privilegiadas”, frisou. Ela acrescentou que dos nove envolvidos, somente um receptador foi autuado em flagrante. Os demais, indiciados e vão responder pelo crime em liberdade.
diário de cuiabá

Aeroporto pronto para receber vôos


Sol Linhas Aéreas mantém Francisco Beltrão nos planos de expansão.

Em contato com a assessoria de imprensa da empresa Sol Linhas Aéreas foi mais uma vez confirmado que Francisco Beltrão e Pato Branco estão incluídos nos novos roteiros de vôos da empresa. Neste momento a empresa aguarda a ampliação da frota para disponibilizar este serviço na região Sudoeste. A empresa vai operar com aeronaves LET L-410 produzida pela Aircraft Industries, na República Tcheca.


O município de Francisco Beltrão está finalizando os serviços de ampliação e modernização do Aeroporto Municipal Paulo Abdala. Durante vários meses foi investido mais de R$ 1 milhão para ampliação do terminal de embarque e desembarque de passageiros, contratação da empresa Aero Sigma, que está dando assessoria na adequação do aeroporto dentro das normas da Agência Nacional de Aviação Civil - ANAC.


Segundo o consultor da Aero Sigma, Ruy Guilherme Silva uma das exigências foi a readequação das cabeceiras da pista de pouso e decolagem, que passou para 1.400 metros, permitindo que o Aeroporto Municipal de Francisco Beltrão esteja mais preparado para as manobras das aeronaves. Também ocorreu modificações na biruta, farol e balizamento. Também foi criado as normativas de funcionamento.


Os vôos da Sol partem de Cascavel com destino a Curitiba passando por Francisco Beltrão e Pato Branco em dias alternados. Hoje uma passagem promocional de ida e volta entre Cascavel e Curitiba custa menos de R$ 200,00. Quanto ao início das operações, o presidente da Sol, Marcos Solano Vale informou que a previsão é que os novos aviões cheguem ainda este ano sendo automático o início dos vôos.

jornal opinião

Infraero escolhe consórcio que planejará TPS3 de GRU


O consórcio MAG, liderado pelo escritório Biselli & Katchborian Arquitetos Associados, de São Paulo, assinou ontem (dia 11) contrato com a Infraero para elaborar o projeto de construção do terceiro terminal de passageiros do Aeroporto de Guarulhos, na Região Metropolitana de São Paulo. A licitação internacional foi lançada em junho de 2009 e, ao todo, 24 empresas nacionais, retiraram o edital. Muitas acabaram formando sete consórcios. O vencedor vai receber R$ 22,6 milhões para projetar o terceiro terminal de Guarulhos.

Além do saguão de passageiros, o projeto também deve incluir a construção do viário de acesso; pátio de estacionamento de aeronaves; instalação da rede de queroduto (dutos para o transporte de querosene de aviação) e obras complementares. Todos os estudos preliminares e os projetos básico e executivo têm de ser entregues à Infraero em um prazo de 23 meses. É com base nesse material que a estatal vai preparar o edital para a construção do terceiro terminal.
panrotas

SP: presos 3 suspeitos de fraudar desapropriações em Viracopos


A Polícia Federal (PF) prendeu na manhã desta quinta-feira três pessoas suspeitas de integrar uma quadrilha que fraudava processos de desapropriação de imóveis para as obras de ampliação do aeroporto de Viracopos, em Campinas (SP). De acordo com a PF, o esquema rendeu à quadrilha valores que podem ultrapassar R$ 1 milhão.

Além das prisões, a operação Sentença Final cumpriu também seis mandados de busca e apreensão. A investigação se iniciou em junho, quando a Justiça Federal em Campinas identificou possível fraude em três ações de desapropriação. Após a realização de análise de processos semelhantes, foram identificados outros procedimentos em que se tentava fraude idêntica.

Em vários casos, as pessoas que figuravam nos processos de desapropriação estavam mortas há vários anos. De acordo com a PF, membros da quadrilha apresentavam falsas procurações em que constava data de elaboração posterior ao óbito do proprietário do imóvel a ser desapropriado.

Para obter essas procurações, pessoas utilizavam documentos falsos e, fazendo-se passar pelos réus nos processos de desapropriação, lavravam procurações em nome de outros membros da quadrilha, com poderes para representá-los nas ações judiciais. Os falsos procuradores firmavam, assim, acordo com a prefeitura e Infraero aceitando os valores propostos pela desapropriação.

Segundo a PF, caso a fraude fosse mantida, poderia afetar a segurança jurídica das decisões dos magistrados, além de comprometer o andamento das obras de ampliação do aeroporto.

Os presos responderão pelos crimes de estelionato, falsificação de documento público, falsidade ideológica, uso de documento falso, fraude processual e formação de quadrilha. Caso sejam condenados, podem pegar cumprir até 27 anos de prisão.

terra

Vá de avião com os Iron Maiden

Quem viu o documentário "Filght 666", sabe que Bruce Dickinson é não só um enérgico vocalista, mas também um excelente piloto. Dickinson tem brevet há já alguns anos e durante 2008 e 2009 foi ele mesmo que transportou a banda por todo o mundo fora num Boeing 757 - o Ed Force One. Agora, chegou a vez dos fãs atestarem as capacidades de Bruce Dickinson como piloto.

Para os dois últimos concertos de 2010, os Iron Maiden decidiram fretar um avião, criar uma linha aérea chamada Bruce Air e disponibilizar bilhetes para todos os que quiserem voar com Bruce Dickinson ao comando.

A primeira viagem, de Londres a Nápoles, no dia 17 de Agosto, esgotou em poucas horas e, por isso, os Maiden criaram outra data. No dia 21 de Agosto, por 520 euros, pode embarcar na linha Bruce Air e fazer a viagem de avião mais heavy metal de sempre.

O concerto é o último de 2010, por isso o pacote de viagem é completo: estadia garantida no hotel com pequeno-almoço incluído, transporte do aeroporto para o hotel e do hotel para o concerto, bilhete com acesso à primeira fila e um saco de viagem da Bruce Air.

Para os que não puderem ir até Valência comandados por Bruce Dickinson, recordamos que "The Final Frontier" está mesmo a chegar. O novo álbum dos Iron Maiden chega às lojas no próximo dia 16 de Agosto.
cotonete

Congonhas ganha 900 mil passageiros no 1º semestre


O número de passageiros no Aeroporto de Congonhas, na zona sul de São Paulo, aumentou no primeiro semestre deste ano pela primeira vez desde o acidente com o Airbus da TAM - que matou 199 pessoas em 2007. De janeiro a junho, a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) registrou 7,2 milhões de usuários em Congonhas. No ano da tragédia foram 8,9 milhões no período. Nos anos seguintes houve queda no primeiro semestre: 6,8 milhões de passageiros em 2008 e 6,3 milhões, em 2009.

Desde o acidente, São Paulo enfrenta um rearranjo no sistema aéreo. O governo decidiu diminuir a quantidade de pousos e decolagens em Congonhas, mas sobrecarregou os aeroportos de Guarulhos e Viracopos. "Se não fosse Viracopos, 4 milhões de passageiros utilizariam Guarulhos e Congonhas. Seria muito difícil", analisa Oswaldo Sansoni, professor de Engenharia Civil do Instituto Mauá de Tecnologia.

A Infraero informou que, desde 2003, o Aeroporto de Congonhas passa por obras para atender ao aumento de demanda. Há um estudo para ampliar o número de balcões de check-in. Segundo nota enviada pela empresa, a proposta "prevê um aumento de mais 20 posições". Com essa medida, a empresa espera "aumentar o nível de conforto dos usuários".

A Infraero ainda ressalta que foram realizadas duas obras no terminal de passageiros, um edifício garagem foi construído e a nova sala de desembarque foi inaugurada. Já o Ministério da Defesa informou que realiza expansões nos aeroportos de Guarulhos e Viracopos. Até 2013, a Infraero promete ampliar a capacidade de Guarulhos, por exemplo, em até 6,5 milhões de passageiros.

Horários

Em vez de Congonhas operar das 6 horas às 23 horas de segunda-feira a sexta-feira, como é hoje, a Prefeitura quer que o funcionamento seja das 7 horas às 22 horas; e, no fim de semana, das 9 horas às 22 horas. A medida reduziria o movimento de pousos e decolagens em quase 12% - 62 operações a menos. O prazo para que o horário de Congonhas fosse alterado venceu em 5 de abril. Mas, para Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) e Infraero, é de responsabilidade da União controlar o funcionamento do aeroporto.
Jornal da Tarde.

Pantanal anuncia mais dois destinos


A Pantanal Linhas Aéreas, hoje pertencente à Tam, recebeu autorização da Anac para operar em mais dois novos destinos: Ribeirão Preto (SP) e Uberaba (MG). A empresa, que hoje atende seis cidades, passará a voar para 17 localidades depois da ampliação da malha, recém-anunciada.

O voo para Ribeirão Preto já está disponível no sistema de vendas da Pantanal. A operação na cidade do interior paulista começará em 23 de agosto e será realizada com a aeronave A319, de 144 lugares, com saída e chegada no aeroporto de Congonhas (SP).

Já a cidade mineira de Uberaba será atendida a partir de outubro, com uma aeronave ATR 42 para 45 passageiros, tendo como origem ou destino o aeroporto de Guarulhos (SP). O voo estará disponível em breve para venda.

A nova malha terá 48 voos, sendo 23 deles em Congonhas, outros 23 em Guarulhos e dois em Brasília. A Pantanal passará a operar 405 etapas de voo por semana, com crescimento de 84,1% em relação às 220 etapas realizadas atualmente. Nos fins de semana, o aumento é mais expressivo ainda: de 150% aos sábados e domingos.

A companhia aguarda ainda a autorização da Anac para iniciar um voo de ida e volta entre Guarulhos, Ribeirão Preto e Uberaba, além de outros dois voos entre as cidades de São José do Rio Preto e Brasília e entre Brasília e Uberlândia, todos com ATR 42.

Confira a nova malha no site www.voepantanal.com.br.
panrotas

Queda de avião no mar reacende dúvidas quanto à segurança do Aeroporto Santos Dumont

[Senador Francisco Dornelles (PP-RJ)]

A queda, na Baía de Guanabara, do jatinho da Ocean Air prefixo PT-LXO, nesta quinta-feira (12), reacendeu os questionamentos sobre a segurança para pousos e decolagens no Aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro. O assunto vem sendo abordado pelo senador Francisco Dornelles (PP-RJ) desde junho do ano passado.

Na ocasião, o senador protocolou em cartório uma notificação contra a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) e a Empresa de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero). Nela, Francisco Dornelles pede que as autoridades adotem, "com a máxima urgência", as medidas de segurança necessárias ao uso operacional do aeroporto.

Na notificação, datada de 4 de junho de 2009, o senador cita reportagem veiculada pelo jornal O Globo em 28 de maio daquele ano, sob o título "Santos Dumont no limite?", que traz denúncia do Sindicato Nacional dos Aeronautas. De acordo com essa denúncia, a camada porosa da única pista em uso do aeroporto Santos Dumont se encontrava vencida desde dezembro de 2007, o que aumentaria o risco de acidentes.

A notificação diz ainda que, de acordo com a publicação, "a ampliação do aeroporto esqueceu a parte operacional, deixando obras inconclusas que estão gerando dificuldades para a operação das aeronaves" desde que foi autorizado o aumento do número de voos operados pelo aeroporto, em março de 2009.

Em resposta ao senador, quatro dias após ser notificada, a Anac divulgou nota na qual afirma que o Santos Dumont possui todas as condições operacionais e de segurança. No texto, a agência ressalta que "a superfície de um sistema de pista tem a sua vida útil definida pelo número de movimentos operacionais no aeroporto, e não por tempo determinado". De acordo com a Anac, o movimento no Aeroporto Santos Dumont foi reduzido, a partir de 2006, com a transferência de voos para o Aeroporto do Galeão.

Ainda de acordo com a nota divulgada pela Anac na ocasião, a medição do coeficiente de atrito realizada pela Infraero em abril de 2009 na pista principal do Aeroporto Santos Dumont foi de 0,87. De acordo com a Anac, esse coeficiente é "bem mais seguro que os níveis considerados aceitáveis na Resolução nº 88 da Anac".

O texto acrescenta que a medição do coeficiente de atrito é atribuição da Infraero, conforme norma editada pela própria Anac, e deve ser feita a cada três meses, no caso do Aeroporto Santos Dumont. Mas, por aperfeiçoamento da segurança operacional, essas medições são realizadas a cada 15 dias.

A nota ainda ressalta que, nos primeiros cinco meses de 2009, foram efetuados mais de 24 mil pousos e decolagens no Aeroporto Santos Dumont, sem qualquer ocorrência.

José Paulo Tupynambá / Agência Senado

Tempo entre vistoria e certificação de aeronaves diminuiu em 88%, diz Anac


O tempo médio entre a data de vistoria técnica e certificação de aeronaves foi reduzida em 88% em apenas nove meses, segundo a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).

Em outubro de 2009, o prazo médio entre a data proposta para a vistoria técnica de aeronave proposta pelo proprietário ou operador e a emissão do Certificado de Aeronavegabilidade - documento obrigatório para que um avião ou helicóptero seja autorizado a voar - e a certificação superava dois meses de espera: eram 68 dias, caindo para apenas 8 dias em julho de 2010.

Segundo a Anac, as mudanças visam reduzir a burocracia, padronizar o atendimento em todo o País e ampliar a transparência sobre os processos. Além disso, a partir de hoje já é possível consultar pela Internet as vistorias agendadas pela Agência, no endereço: http://www.anac.gov.br/aeronaves/vistoria.ASP.

Nos próximos meses, os usuários poderão também agendar as vistorias pelo site da Anac.

estadao

Conheça a logomarca modernizada da Pantanal



A Pantanal Linhas Aéreas apresenta hoje a atualização da logomarca e a nova identidade visual de toda a linha de frente da empresa (imagem acima, divulgação). Haverá ainda a reformulação no design do mobiliário, das paredes e das fachadas do check-in nos aeroportos, nas lojas e nos quiosques de vendas de passagens aéreas, assim como nos uniformes da tripulação e da equipe de atendimento.

A inauguração dos novos layouts está prevista para 23 de agosto, quando a Pantanal inicia a operação da nova malha em 14 dos 17 destinos no País. A loja de Congonhas, entretanto, será repaginada antes e estará pronta no dia 16 de agosto.

“A companhia ganhará um visual mais moderno e alinhado com a identidade do grupo Tam”, justifica a mudança a diretora de Marketing da Tam, Manoela Amaro. O vermelho e o azul serão as cores dominantes em todo material de comunicação da empresa.

AVIÕES
As aeronaves ATR 42, que operarão os voos da nova malha da Pantanal no aeroporto de Guarulhos, serão atualizadas com a nova marca e esquema de cores na pintura externa, além de receberem novas estampas nas poltronas. A previsão é que dois aviões já estejam repaginados no dia 23 de agosto. Os demais ATR 42 receberão a nova pintura ao longo dos próximos meses.

Os dois Airbus A319 e o A320 que atenderão os passageiros nos aeroportos de Congonhas (SP) e de Brasília receberão a pintura da frase “A serviço da Pantanal”. Essas três aeronaves foram alugadas para a Pantanal, por um período de seis meses, pela Tam Linhas Aéreas, até que a Pantanal defina a ampliação e renovação da frota própria.

O site da Pantanal (www.voepantanal.com.br) também será atualizado.
panrotas

Avianca oficializa voo direto entre El Salvador e Bogotá


A companhia aérea Avianca deu início às operações do novo voo direto entre o Centro de Convenções da Taca em El Salvador e o Centro de Conexões da Avianca em Bogotá. Também foi inaugurada uma estação da Avianca em El Salvador, com profissionais qualificados para atender o voo.

Cidades como Nova York, Toronto e Guatemala, entre outras, se beneficiaram com a nova conexão. "Este é um voo histórico na aviação latinoamericana porque pela primeira vez estamos voamos de forma direta entre os dois países. É um símbolo da aliança Avianca-Taca, que, não duvidamos, trará muitos benefícios para nossos clientes, porque além de se tratar de um voo direto, ambas as cidades são centros de conexão para uma variedade de destinos de nossa rede de rotas", declarou Roberto Kriete, presidente da Avianca-Taca.

mercado e eventos

Itaucard tem parceria com programa de milhas da Azul


Os cartões de crédito Itaucard e o Unicard trazem mais uma parceria para seus clientes. Os associados ao Sempre Presente, da Itaucard, e Passaporte, da Unicard, podem resgatar seus pontos por créditos no programa Tudo Azul, o programa de milhagens da Azul Linhas Aéreas Brasileiras.

Cada 2,5 mil pontos valem R$ 50 em créditos para usar como quiser na compra de passagens aéreas. A intenção das instituições é ampliar o leque de opções e propiciar flexibilidade para que o titular do cartão possa resgatar pontos da forma mais conveniente.
panrotas

Brasília, São Paulo e Rio de Janeiro ganham novos voos da Avianca



Desde a última segunda-feira, dia 9, passageiros com destino às cidades de São Paulo (Guarulhos), Brasília e Rio de Janeiro (Galeão) terão à disposição novos voos pela Avianca. A companhia aérea lança nova operação diária que fará a rota Brasília - Galeão – Guarulhos / Guarulhos - Galeão - Brasília com tarifas promocionais de lançamento a partir de R$ 77,00 (o trecho).

Os novos voos irão facilitar o embarque de moradores de bairros da zona Norte da capital paulista, das imediações do aeroporto internacional e de municípios do Vale do Paraíba, que chegarão com mais rapidez e conforto à Cidade Maravilhosa, evitando o deslocamento até o Aeroporto de Congonhas. Já a nova operação da Avianca também beneficiará os cariocas que residem na zona Oeste da cidade ou na Ilha do Governador, que poderão usufruir de uma saída mais próxima para as cidades de São Paulo e de Brasília, por meio do Aeroporto do Galeão, além dos moradores do Distrito Federal com destino ao Rio de Janeiro.

Para comemorar a expansão de sua malha aérea pelo Brasil, a Avianca está com tarifas promocionais de lançamento para a Ponte Aérea Galeão-Guarulhos e para Brasília.

A promoção é válida até o dia 15 de agosto e os embarques poderão ser realizados entre os dias 9 deste mês e 31 de novembro. Os preços para os novos voos, por trecho, são a partir de R$ 77,00 de São Paulo ao Rio e de R$ 79,00 do Rio a Brasília. Os novos voos operam de segunda a sexta-feira, com saídas de Guarulhos para Galeão, às 14h15; no sentido inverso, do Galeão para Cumbica, com partida às 11h11; do Galeão para Brasília, às 15h54; de Brasília ao Galeão, com saída às 8h47.
jornaldeitupeva